O misterioso bosque de Ryazan com árvores tortas de ‘bêbadas’

ENERGIA DE OVNIs OU VARINHAS MÁGICAS?

Local de pouso de OVNIs

Os moradores mais jovens da cidade russa de Ryazan, a 200 quilômetros ao sul de Moscou, acreditam que um disco voador tenha pousado na região há cerca de meio século.

Para eles esta é a única explicação para que as árvores do que chamam de “bosque bêbado” tenham ficado recurvadas de modo incomum, todas viradas para o mesmo lado.

Pesquisadores de fenômenos anômalos estão mesmo convictos de que as árvores foram entortadas pelo campo de força de um OVNI.

Local de pouso de OVNIs

Antes do evento havia ali uma floresta de carvalhos que foi derrubada e pinheiros foram plantados em seu lugar. Ninguém lembra se as coníferas cresceram tortas ou curvaram com o tempo.

Os habitantes mais velhos ajudam a espalhar lendas e crendices. Segundo eles, outrora duas feiticeiras de aldeias vizinhas se desafiaram para um combate. Os golpes de energia mágica teriam atingido os troncos, deformando-os.

Outros juram ter visto “pessoas estranhas”. Aparentemente uma pessoa. Olhando com mais atenção ela exibe cabeça de lobo ou de cão. Resumindo, um monstro. É possível que isto esteja relacionado justamente com a lenda sobre a luta das duas feiticeiras.

Local de pouso de OVNIs

Mas os prodígios não se limitam a caules tortos. No “bosque bêbado” não viceja grama e nem as aves se aproximam, o que só ocorre a aguns metros do estranho trecho.

É interessante também que nesse local somente os pinheiros têm a forma recurvada incomum. As demais árvores se desenvolvem normalmente, sem revelar nada anormal.

Os cientistas supõem que a versão mais provável do surgimento do bosque “dançante” ou “bêbado” está associada a anomalias geomagnéticas, decorrentes de brechas tectônicas da crosta terrestre.

Local de pouso de OVNIs

Tais brechas provocariam a saída da energia dos campos de torção, torrentes de turbilhão, que entortariam as árvores. De todo modo, a natureza de tais campos de energia ainda é pouco estudada.

Outras florestas parecidas existem no oeste da Rússia, no litoral do mar Báltico, na região de Kaliningrado. E ali os cientistas também negam qualquer misticismo e falam que tudo se deve aos tais campos geomagnéticos.

Indiferentes, os habitantes locais afirmam que estes ambientes são “medicinais”. E que as árvores encurvadas de modo incomum possuem uma energia especial, que influi positivamente sobre a pessoa.

Com Voz da Rússia

Deixe um comentário simpático neste artigo: