O estranho tubo gelatinoso que vaga pelos oceanos

O CILINDRO VIVO COM MAIS DE DOIS METROS

Thysanoteuthis rhombus

Uma estranha formação cilíndrica viva, transparente e às vezes rosada, apareceu serpenteando no mar de Cuba, para surpresa de alguns mergulhadores.

Eles, então, tiraram dezenas de fotos e levaram para especialistas em biologia marinha na Universidade de Brown, para tentar identificar a “coisa”.

Mas não foi uma tarefa fácil e levou muito tempo. A resposta veio através da pesquisa da doutoranda Rebecca Helm, que buscou informações em mais de 247 aquários espalhados pelo mundo.

Ovos de lula diamante

“Senhoras e senhores, eu apresento a vocês a maior massa de ovos que já vi em toda minha carreira”, anunciou em grande estilo ao portal Deep Sea News.

Trata-se de um tubo com milhares de ovos de lula da espécie Thysanoteuthis rhombus. Essa massa gelatinosa pode ultrapassar 2 metros de comprimento.

Embora esquisito, o recurso para enganar os predadores não é tão raro. As lulas da espécie diamante conseguem crescer até mais de 1 metro e pesar até 30 quilos cada uma.

Um comentário em “O estranho tubo gelatinoso que vaga pelos oceanos

  • 8 de julho de 2013 em 21:40
    Permalink

    Eu continuo achando uma bobagem (dispendiosa!) procurar sinais ou evidências de vida em outros planetas quando temos formas biológicas muito mais interessantes e misteriosas por aqui mesmo, entre nós, ao alcance de uns mergulhos.

    Resposta

Deixe um comentário simpático neste artigo: