O absorvente feminino que ‘não vaza’ como o WikiLeaks

Propaganda de absorvente feminino WikiLeaks Butterfly

SENSO DE OPORTUNIDADE COM BOM HUMOR É ISSO AÍ

Do blog BananaPost (em 17/12/2010)

O site WikiLeaks, que divulgou mais de 250 mil documentos sigilosos do governo dos EUA, causa furor em diversos países e movimenta a política internacional. Um reflexo de sua notoriedade no Paquistão, no entanto, é no mínimo inusitado.

De acordo com o jornal “Pakistan Tribune”, a fama do site de Julian Assange, que tem publicado os “vazamentos” de dados secretos, inspirou as propagandas de uma linha de absorventes femininos.

A campanha do Butterfly tem o slogan “WikiLeaks, Butterfly Doesn’t” que, em tradução livre, significa “O Wiki Vaza, o Butterfly Não”.

WikiLeaks absorvente femininoA mensagem publicitária alcançou cartazes, outdoors e revistas no Paquistão. A empresa disse estar contente com o trabalho da agência de comunicação e pretende aumentar o número de propagandas.

“Ninguém disse que é de mau gosto”, disse o executivo de desenvolvimento de negócios da agência de publicidade RG BLUE, Amjad Hussain, sobre o fato de associar a marca do fundador do WikiLeaks, Julian Assange, acusado de crimes sexuais na Suécia, à linha de produtos íntimos femininos.

Já com as camisinhas, nenhum fabricante ainda se arriscou a desenvolver campanha publicitária a fim de associar a imagem de Assange com o produto. Depois de tudo o que o australiano é acusado na Suécia, provavelmente as empresas podem achar a ideia um tanto furada

Com suporte do The Express Tribune

* * *

Blog BananaPost - o porta-voz da macacada

Deixe um comentário interessante neste artigo: