Nadando contra a corrente para ser feliz agora

O EFEITO MANADA

O Chefe de Redação

Se alguém disser pra você não cantar, deixar teu sonho ali pr’uma outra hora; que a segurança exige medo, que quem tem medo Deus adora. Que você volte pro rebanho; que manso, imitando uma boiada, você vai, boca fechada, pro curral… se merecer. Não acredite, grite, sem demora:

— Eu quero ser feliz agora!

Remando contra a maré

EU QUERO SER FELIZ AGORA

Oswaldo Montenegro

Se alguém disser pra você não cantar,
Deixar teu sonho ali pr’uma outra hora.
Que a segurança exige medo,
Que quem tem medo Deus adora.

Se alguém disser pra você não dançar,
Que nessa festa você tá de fora,
Que você volte pro rebanho.
Não acredite, grite, sem demora:

– Eu quero ser feliz agora!
– Eu quero ser feliz agora!

Se alguém vier com papo perigoso
De dizer que é preciso paciência pra viver.
Que andando ali quieto,
Comportado, limitado,
Só, coitado, você não vai se perder.

Que manso, imitando uma boiada,
Você vai, boca fechada, pro curral… se merecer.
Que Deus só manda ajuda a quem se ferra
E quando o guarda-chuva emperra
Certamente vai chover.

Se joga na primeira ousadia,
Que tá pra nascer o dia do futuro que te adora.
E bota o microfone na lapela,
olha pra vida e diz pra ela:

– Eu quero ser feliz agora!
– Eu quero ser feliz agora!

Se alguém disser pra você não cantar,
Deixar teu sonho ali pr’uma outra hora.
Que a segurança exige medo,
Que quem tem medo Deus adora.

Se alguém disser pra você não dançar,
E que nessa festa você tá de fora,
Que você volte pro rebanho.
Não acredite, grite, sem demora:

– Eu quero ser feliz agora!
– Eu quero ser feliz agora!
– Eu quero ser feliz agora!

Veja uma simulação da gravação em estúdio desta música no site oficial de Oswaldo Montenegro.

* * *

O Chefe de Redação


3 comentários em “Nadando contra a corrente para ser feliz agora

  • 26 de julho de 2015 em 09:49
    Permalink

    Nossa! Pessoas que se dedicam a fazer um trabalho que elevam nossas almas e motivam-nos a crescer cada vez mais, ser felizes sem esmorecer!

    Resposta
  • 8 de novembro de 2011 em 11:31
    Permalink

    Bravo! Bravo!
    Clap-clap-clap!!!!!!

    Resposta

Deixe um comentário simpático neste artigo: