My Ashes – o rock progressivo da banda inglesa Porcupine Tree

EXPERIMENTALISMO PSICODÉLICO


Do blog ECOnsciência

My Ashes é a segunda faixa do celebrado trabalho Fear of a Blank Planet da banda de rock britânica Porcupine Tree. Esta apresentação ao vivo aconteceu no ano de 2008, em Tilburg, Holanda, ao fim da turnê para promover o disco.

O grupo foi formado em 1989, em Hemel Hempstead, Hertfordshire. Trata-se de um projeto musical constituído por uma mistura contemporânea de rock progressivo, rock psicodélico, experimentalismo avant garde e heavy metal.

Apesar dessas influências, o vocalista e multinstrumentista Steven Wilson considera a música de seu grupo muito simples, sem elementos tão complexos. A complexidade aparece mais na produção, na maneira como os álbuns são construídos.

Banda de rock Porcupine Tree

MY ASHES

‘All the things that I needed
and wasted my chances
I have found myself wanting

When a mother and father
Gave me their problems
I accepted it all

Nothing ever expected
I was rejected
But I came back for more

And my ashes drift beneath the silver sky
Where a boy rides on a bike and never smiles

And my ashes fall all over the things we’ve said
On a box of photographs under the bed

I will stay in my own world
Under the covers
I will feel safe inside

The kiss that will burn me
Cure me of dreaming
I was always returning

And my ashes find a way beyond the fog
And return to save the child that I forgot

And my ashes fade among the things unseen
And a dream plays in reverse on piano keys

And my ashes drop upon a park in Wales
Never-ending clouds of rain, and distant sails…
distant sails’

Visite o site oficial da banda. (Uma sugestão de Rodrigo Cacilhas)


Um comentário em “My Ashes – o rock progressivo da banda inglesa Porcupine Tree

Deixe um comentário interessante neste artigo: