Músicas mais tristes (e não deprimentes) de todos os tempos

PESQUISA REVELA TOP 20 SAD SONGS

A Cachaça da Happy Hour

Deprimente foi ver neste sábado, 4, um monte de gente, incluindo aí um grande portal, repetir a asneira que algum plantonista monoglota plantou na home da filial brasileira da BBC para dizer que Everybody Hurts, do R.E.M., foi eleita por internautas a música mais “deprimente” de todos os tempos.

O problema é que o incompetente traduziu o termo depressing (depressiva), no sentido de saddest (mais triste), como “deprimente” que, em português, quer dizer também humilhante, aviltante e ultrajante. O que dá deprê é quando a galera copia, cola e taca pra frente sem questionar o absurdo da informação.

Música mais triste de todos os tempos

Botando então ordem na zona, até porque deprimentes são certas “coisas” que ouvimos aqui mesmo em nosso terreiro, especialmente nas épocas de carnaval, a canção “Everybody Hurts”, do grupo R.E.M., foi eleita a mais triste de todos os tempos pelos participantes de uma pesquisa encomendada para entender mais sobre “o poder da música” em relação aos sentimentos das pessoas.

Em segundo lugar, veio “Candle in the Wind”, de Elton John, canção que ficou conhecida como um tributo à princesa Diana. Também aparecem na lista “I Will Always Love You”, de Whitney Houston, “Nothing Compares to You”, gravada por Sinead O’Connor, “My Heart Will Go On”, de Celine Dion, e “Fix You”, do grupo Coldplay — esta que nós selecionamos acima.

No estudo, encomendado pelo produtor teatral britânico David King, sete em cada dez homens entrevistados admitiram já ter chorado ao ouvir uma música triste, enquanto entre as mulheres este número subiu para 90%.

Um quinto delas disse chorar “com frequência” ao som de músicas emocionantes.

Ferramenta emocional

“Música é uma ferramenta tão emocional. Ela vai direto ao seu coração”, disse David King.

“As canções podem nos transportar para um determinado momento de nossas vidas, para nossa memória, a alguma coisa que aconteceu, talvez algo bom, talvez algo ruim…”

A maioria dos entrevistados disse ter derramado lágrimas enquanto ouvia canções em casa.

Entre as mulheres, quatro em cada dez afirmaram que a música tocada em casamentos já havia feito com que elas chorassem. Já entre os homens ouvidos durante a pesquisa, este número foi bem menor: 20%.

Ouvir uma canção triste no rádio do carro também fez com que 33% das mulheres e 23% dos homens entrevistados desistissem de conter as emoções.

Lista completa das Top 20 sad songs:

1. Everybody Hurts – REM
2. Candle in the Wind – Elton John
3. The Living Years – Mike and the Mechanics
4. I will always love you – Whitney Houston
5. Nothing compares to you – Prince/Sinead O’Connor
6. Hallelujah – Leonard Cohen/Alexandra Burke/Jeff Buckley
7. My heart will go on – Celine Dion
8. Fix You – Coldplay
9. Seasons in the sun – Terry Jacks
10. Without You – Harry Nilsson
11. Yesterday – The Beatles
12. All by myself – Eric Carmen
13. My Way – Frank Sinatra
14. Sound of silence – Simon and Garfunkel
15. Ain’t no sunshine – Bill Withers
16. Love will tear us apart – Joy Division
17. Leaving on a jet plane – Peter, Paul and Mary
18. Eleanor Rigby – The Beatles
19. Annie’s Song – John Denver
20. Everybody’s got to learn sometimes – Korgis

Só de curiosidade, no site Sad Songs tem uma lista da pesada com quase mil músicas tristes.

Deixe um comentário interessante neste artigo: