Moto funerária para a última viagem de motociclistas

Motocicleta funerária

BATENDO ASAS RUMO AO INFERNO

Do blog HotGaragem

Uma curta viagem com trajeto só de ida no sidecar de uma big Harley-Davidson dessas, toda preta e cromada, com 1.500 cilindradas, não sai por menos que o equivalente a uns 3 mil reais. As únicas exigências para a derradeira carona, além da grana viva e antecipada na mão, é que você esteja devidamente morto, sacramentado e empacotado dentro de um caixão funerário.

Ah, claro, e você precisa bater as botas perto de Frankfurt, que é onde o alemão dono da possante sinistra realiza seus féretros. Joerg Grossmann é um cara durão, tipo aqueles brucutus dos Hells Angels. Portanto, em nome da tradição, é conveniente que você se despeça desta para melhor numa boa briga de bar. Na moral, para que ninguém erga um brinde em homenagem à viúva.

Moto funerária

Visto no Focus

Deixe um comentário simpático neste artigo: