Mengão: o que falta na vida para você se sentir rico


Boné do C.R. FlamengoAntes que me acusem de ter alguma preferência por este ou aquele time de futebol, esclareço logo: eu, Songa Monga, não tenho por hábito torcer a realidade. O que não me impede, no entanto, de tirar um sarro com torcedores assumidos, de preferência os mais fanáticos, tadinhos…

Mas esta aconteceu com uma professora que dava aula a seus alunos sobre as diferenças entre os ricos e os pobres.

Julinha levanta o dedo:

– Professora, meu pai tem tudo: TV, telescópio, DVD, Mercedes. . .

– Tudo bem, – diz a professora – mas será que ele tem pelo menos um iate de luxo?

A menina reflete e responde:

– Bem, não. . .

A professora completa:

– Viu? Não podemos ter tudo.

– Professora, – se adianta o Arturzinho – meu pai tem tudo: TV, telescópio, DVD, Mercedes, iate…

– Sim, – responde a professora – mas será que tem um jatinho particular?

Depois de refletir, Artur admite frustrado:

– Bem, não . . .

– Está vendo? Não se pode ter tudo na vida. – diz a professora.

Agora é o Joãozinho quem levanta o dedo para garantir:

– Ah, professora, mas o MEU pai agora tem tudo.

– Será mesmo? – provoca a professora.

– Com certeza, pois sábado passado quando minha irmã apresentou seu novo namorado, tatuado, de bonézinho virado, bermudão arriado no meio da bunda, cueca aparecendo, camisa do FLAMENGO… papai disse: PQP!!! ERA SÓ O QUE ME FALTAVA!!!

Deixe um comentário simpático neste artigo: