Massacre na escola – capa de jornal para ganhar prêmio

Capa do jornal MeiaHora, do Rio de JaneiroA DOR DA GENTE SAI NO JORNAL

O Chefe de Redação

Jornalismo popular é sangue e escracho, mas também pode ser extrema delicadeza.

É o que ocorre hoje com a capa histórica do MeiaHora, Rio, sucesso em todas as esquinas da cidade.

A mais sensível primeira página sobre a tragédia carioca. Parabéns.

Ao contrário da canção do Haroldo Barbosa e do Luis Reis, na voz do Chico, em certos dias a dor da gente sai sim nos jornais.

Publicado no blog de Xico Sá, com dica do jornalista Vidal Lannes

* * *

O Chefe de Redação

Deixe um comentário interessante neste artigo: