Magnata John McAfee, criador de antivírus, é caçado pela polícia

John McAfee Procurado

FUGA CINEMATOGRÁFICA

Por Yuri Vandereer *

John McAfee, de 67 anos, foi pioneiro e um dos primeiros magnatas da informática. Com passagens pela NASA e Xerox, o criador de um dos primeiros antivírus fundou a bem-sucedida McAfee Associates na década de 80.

Seu declínio começou pelo menos três anos atrás, na esteira da grande crise econômica internacional. Sua riqueza despencou espetacularmente, de US$ 100 milhões para 4 milhões de dólares, e bens tiveram que ser leiloados para pagar as suas contas.

Atolado em dívidas até o pescoço, em 2010 a empresa foi arrematada pela Intel por 7,68 bilhões de dólares.

Na época, o Times descreveu McAfee como “um homem de negócios atípico, entediado pela fortuna e dado a obsessões em série”.

Ele tinha uma propensão para o Yoga e começou a investir em imóveis em locais remotos do planeta.

Em abril deste ano a polícia invadiu a casa de McAfee, após denúncias de produção de metanfetaminas e posse ilegal de armas de fogo.

Depois as acusações foram retiradas, mas John jura que é chantageado e perseguido pelo primeiro-ministro corrupto.

Agora, John está foragido, sendo procurado pelo assassinato de seu vizinho, Gregory Viant Faull, encontrado em uma poça do próprio sangue após ser executado com um tiro na nuca.

Num lance cinematográfico, John se escondeu da polícia enterrando-se na areia da praia, usando uma placa de papelão para criar um bolsão de ar e poder respirar.

Depois ligou para um repórter da Wired, contando sua versão dos fatos.

Enquanto isso, continua a intensa caçada a um gringo conhecidíssimo em um minúsculo país com apenas 4,2 mil km2 de área — menor que a região metropolitana do Rio de Janeiro.

Essa história ainda vai dar muito samba… antes de acabar em filme.

– – –

Conheça o caso completo no Gizmodo (em inglês)

* Yuri Vandereer é editor do blog HotGaragem

Deixe um comentário simpático neste artigo: