Lixo do tsunami no Japão ruma em direção aos Estados Unidos

Detritos de tsunami no oceano

MASSA GIGANTE DE DETRITOS

Do blog ECOnsciência

Um volume gigantesco de escombros flutuantes empurrado para o oceano pelo tsunami de 11 de março no Japão chegará ao Havaí dentro de um ano e às praias da costa oeste dos Estados Unidos em 2014.

Restos de casas, pneus, árvores e outros materiais levados pelo mar após o terremoto japonês demorarão três anos para atravessar o oceano Pacífico, de acordo com uma simulação animada feita pelo Centro Internacional de Investigação do Pacífico da Universidade do Havaí.

A maior parte dos objetos que flutuam no litoral do Japão, como os carros e os edifícios quase inteiros, se desintegrarão progressivamente em pedaços menores, mas outros mais resistentes, como os navios, podem chegar intactos aos EUA.

A primeira onda de escombros atingirá o litoral noroeste do Havaí no próximo ano, e deve chegar às demais ilhas em 2013, segundo a simulação feita pelos cientistas Nikolai Maximenko e Jan Hafner.

Um ano depois, os resíduos chegariam a praias desde Vancouver até a Baixa Califórnia (México), passando pelos estados de Washington, Oregon e Califórnia, nos EUA.

Grande parte dessas peças voltará a atingir a costa do Havaí dentro de cinco anos, em 2016, em uma segunda onda que será “mais forte e duradoura que a primeira”.

A enorme quantidade de escombros acumulada no litoral do leste do Japão dificultou consideravelmente os trabalhos de resgate após o terremoto e o tsunami, que deixou 12.468 mortos e 15.091 desaparecidos, segundo o último levantamento oficial.

Agência

* * *

Blog ECOnsciência Inovadora

Deixe um comentário interessante neste artigo: