Justin Jedlica fez 90 cirurgias plásticas para virar ‘homem-boneco’

90 cirurgias plásticas

R$ 200 MIL POR BIZARRICE

Do blog BananaPost

Espelho, espelho meu… existe alguém mais boneca do que eu?

A ucraniana Valeria Lukyanova entrou no bisturi afiado com o propósito de se celebrizar (e ganhar muito dinheiro) como a moderna versão da boneca Barbie em carne e osso.

Justin Jedlica, de Nova York, gastou até agora mais de 200 mil reais em 90 cirurgias plásticas para tornar-se esteticamente “perfeito”. Conseguiu apenas virar um bizarro homem-boneco.

A cirurgia plástica tornou-se comum nos dias atuais, mas algumas pessoas chegam ao extremo. Justin, de 32 anos, diz que seu corpo foi cuidadosamente esculpido. Aparentemente a obsessão começou quando ainda cursava o ensino médio.

Seus músculos possuem uma grande quantidade de silicone. Ele fez implantes peitorais, toda a parte das mamas, tríceps, bíceps, tudo na tentativa de conseguir uma aparência impecável.

O descontrole começou de baixo para cima. Ele queria um forévis bem desenhado, mas não queria frequentar a academia. Então, deu início em 13 intervenções cosméticas na bunda para atingir o objetivo.

Justin Jedlica - o homem-boneco

Isso foi apenas o início e seu romance com a cirurgia plástica estava apenas começando. Durante os últimos 10 anos, Justin passou por 90 cirurgias plásticas diferentes, transformando-se no que a imprensa americana chama de “Ken” da vida real.

Após colocar implante no peito, começou a ser indagado nas ruas se só malhava o peitoral, pois seus braços eram finos. Então, decidiu resolver o “problema” com outra cirurgia, implantando silicone nos bíceps e tríceps.

Justin admite ter problemas e ser viciado em fazer cirurgias por adorar ver a metamorfose ocorrendo em seu corpo.

Além disso, sempre foi obcecado com o tamanho de seu nariz. Ele diz que é “astronomicamente gigante” e, por isso, essa será a nova cirurgia que fará.

O comportamento de Justin pode soar como futilidade para alguns, mas comportamentos como este sugerem transtornos psicológicos onde a pessoa possui imagem completamente distorcida de si mesma.

É como se vivesse em um mundo só dele, onde sua aparência no espelho revela deformidades que só ele vê.

Enfim, como diria o Severino

Com Jornal Ciência

Deixe um comentário interessante neste artigo: