José Serra diz que denúncias do livro A Privataria Tucana são ‘trololó’

JOSÉ ‘DARTH’ SERRA

Do blog BananaPost

Antes de embarcar, abatido, rumo a paradeiro ignorado — com previsão de escala na Suíça, para descansar — José Serra usou seu bordão preferido ao se manifestar pela primeira vez sobre as acusações de ter chefiado o maior esquema de apropriação de patrimônio público da nossa história.

Protegido pelo forte aparato da escolta composta por jornalistas da velha mídia aliada, o ex-ministro do governo neoliberal de FHC disse (veja o vídeo) que as denúncias de roubalheira de bilhões de dólares contidas no livro A Privataria Tucana, de Amaury Ribeiro Jr., não passam de um tremendo “trololó”.

Charge - Serra foge de Amauri Ribeiro Jr

Os inimigos políticos que perseguiu durante a vida — e não adversários, que não soube construir — dizem que agora, repudiado por todos e com a carreira liquidada, só restará ao tucano paulista José Serra vagar pelo seu deserto de ideias tendo nos calcanhares a sombra da sua tenebrosa consciência. E, quem sabe, também, da mão pesada e implacável da Justiça, se é que ela ainda existe no Brasil.

* Fotomontagem e remix de vídeo – criação coletiva da galera de Matéria Incógnita

Um comentário em “José Serra diz que denúncias do livro A Privataria Tucana são ‘trololó’

  • 14 de dezembro de 2011 em 09:17
    Permalink

    hahahaha… muito bom.
    ‘deserto de ideias’ eh otimo.

    Resposta

Deixe um comentário simpático neste artigo: