Invasão chinesa da Amazônia vai começar pelo Equador

PETRÓLEO AMEAÇA FLORESTA AMAZÔNICA

Chineses começam a entrar na Amazônia

Que eles são insidiosos, quando se abre os olhos já demarcaram todo e qualquer tipo de território por onde passam, como já aconteceu na África, todo mundo já sabia. Os chineses são especialistas em comer pelas beiradas.

Só que, desta vez, nada foi feito meio na moita, o jogo foi às claras: esta semana os próprios políticos do Equador ofereceram mais de 3 milhões de hectares da Floresta Amazônica para as companhias petrolíferas da China.

E então, grandes contratos de exploração começaram a ser oficialmente negociados com representantes de empresas como as gigantes China Petrochemical e a China National Offshore Oil.

Antes de Pequim, eles haviam se reunido em Quito, Houston (EUA) e Paris, sempre encontrando resistência e protestos de indígenas.

“O Equador tem vontade de estabelecer uma relação de benefício mútuo”, disse o embaixador do Equador na China em um discurso.

De acordo com a ONG Amazon Watch, sete grupos indígenas que habitam o terreno afirmam que não concordaram com a aprovação de projetos envolvendo petróleo – que devastariam o ambiente e ameaçariam seu modo de vida.

O governo equatoriano decidiu não licitar alguns blocos de terra por falta de apoio das comunidades locais, de acordo com o secretário de Hidrocarbonetos do Equador, Andrés Donoso Fabara.

“Estamos autorizados por lei, se quisermos, a usar a força e realizar atividades mesmo se houver oposição”, afirmou ele, garantindo, porém, que “essa não é nossa política”.

A Amazon Watch defende que o acordo violaria a própria política de investimentos chinesa, aprovada em conjunto pelos ministérios do Comércio e da Proteção Ambiental no mês passado.

A terceira cláusula do acordo diz que empresas devem “promover o desenvolvimento harmonioso da economia local, do ambiente e da comunidade”, mesmo durante operações no exterior.

Com Instituto Humanitas Unisinos (uma dica da nossa amiga Simone Núñez Reis)

2 comentários em “Invasão chinesa da Amazônia vai começar pelo Equador

  • 3 de abril de 2013 em 14:02
    Permalink

    Que fofo citares meu nome e divulgares esta matéria do site Instituto Humanitas da Unisinos(IHU), Marcos Eduardo Machado. Sucesso para toda equipe do Matéria Incógnita.

    Resposta
    • 3 de abril de 2013 em 14:10
      Permalink

      Tinha que dar o crédito a quem de direito, Si, pois foi na sua (ótima) página no FB que achamos a matéria. Sucesso para ti também. E continuaremos ligados no seu precioso trabalho.

      Resposta

Deixe um comentário interessante neste artigo: