Ilusões de ótica são criadas por conflitos e erros de avaliação do cérebro

Espiral - ilusão de ótica

O PARADOXO DA ESPIRAL

Uma ilusão de ótica é um erro de avaliação do cérebro. Nossa cabeça usa uma série de regras para interpretar as luzes projetadas na retina como imagens tridimensionais.

Quando duas regras entram em conflito, o cérebro é obrigado a optar por uma delas. Mas a outra regra, que continua existindo, contesta essa escolha como absurda.

Daí que, no caso do exemplo acima, ao tentar processar as duas situações a espiral acaba nessa tremedeira de deixar qualquer um tonto.

Observe que enquanto você direciona o seu olhar para as bordas lateriais do desenho, o miolo dá a nítida impressão de girar velozmente.

Para quem estiver interessado em saber mais sobre o assunto, tem uma outra explicação mais detalhada no post Como o cérebro e o sistema visual criam as ilusões de ótica.

E clique também aqui para ver outras postagens da Matéria Incógnita sobre o tema ilusão de ótica.

3 comentários em “Ilusões de ótica são criadas por conflitos e erros de avaliação do cérebro

Deixe um comentário interessante neste artigo: