Hackers atacam perfil no Twitter por ofensas a nordestinos

Hackers atacam conta no Twitter

INTOLERÂNCIA HACKEADA

A Cachaça da Happy Hour

Tem mais gente solta por aí, com titica no lugar do cérebro, como a Mayara Petruso de triste memória, que estragou a sua vida ao defender o assassinato de nordestinos via Twitter e no Facebook logo após a derrota do seu candidato José Serra nas eleições de 2010.

Como todos devem se lembrar, a então estudante e estagiária de Direito, justificou a vitória da presidenta Dilma Rousseff por conta de os nordestinos terem “direito a voto”.

Mayara acabou denunciada pelo Ministério Público Federal por proferir uma série de ofensas: “Nordestitos (sic) não é gente. Faça um favor a SP: mate um nordestino afogado!”.

Não bastasse o exemplo da “cabeça de camarão” paulista, agora foi uma gaúcha que entrou na mira, por enquanto da militância mais radical da rede.

Após provocar revolta entre os usuários do Twitter ao ofender nordestinos, o perfil, supostamente pertencente a uma jovem de Porto Alegre (RS), identificada como Sophia Fernandes, foi hackeado neste sábado.

Na conta da jovem (@sophiaofdreams), os usuários do microblog podem visualizar a mensagem: “Perfil hackeado! Motivo: XENOFOBIA”. O ato, segundo informações da página, teria sido realizado pelos grupos @AntiSecBrTeam, @iPiratesGroup e @GrayHatBRGroup.

Na última semana, o grupo @GrayHatBRGroup também assumiu a autoria de ataques aos sites da Secretaria de Estado da Educação de Rondônia, da Câmara Municipal de Vereadores de Planalto, no Paraná, da Prefeitura de Santa Rosa, em Goiás, e do deputado federal Guilherme Mussi (PSD-SP).

Com o Terra

Um comentário em “Hackers atacam perfil no Twitter por ofensas a nordestinos

  • 11 de dezembro de 2011 em 09:28
    Permalink

    Foi algum fascista covarde que se escondeu atrás de um perfil fake para ficar atacando os nordestinos usando fotos de uma garota de Curitiba chamada Eloise Guimarães que não tem nada a ver com esse peixe.

    Resposta

Deixe um comentário simpático neste artigo: