Globo tem pior Ibope da história sem futebol e com programas ruins

Charge - Rede Globo de Televisão

REDE GLOBO DE MÁS NOTÍCIAS

A Cachaça da Happy Hour

Agora ficou bastante claro porque a Rede Globo faz qualquer negócio e atropela a concorrência, com a força da grana, para manter o monopólio das transmissões do Brasileirão.

É que sem a overdose dominical na veia futebolística dos torcedores, a realidade que a emissora manipula é dura de suportar. Não por acaso, o canal de TV amargou a pior audiência de sua história.

Sim, foi isso: domingo (11), sem a bola rolando nos gramados, a Globo registrou a média (das 7h à meia-noite) de 10,4 pontos, com 26% de share (participação no total de televisores ligados).

Foi um vexame daqueles, o seu pior índice em todos os tempos. Em janeiro deste ano, a rede já tinha alcançado a média de 11 pontos, sua pior audiência até então.

Cada ponto equivale a 58 mil domicílios na Grande SP.

Para se ter uma ideia do estrago que o fim do Campeonato Brasileiro fez na grade de domingo da Globo, a emissora registrou no domingo anterior (4), com a final do “Brasileirão”, a média/dia de 16,1 pontos e 36% de share. Com a relação ao último domingo, a emissora perdeu cerca de 35% de audiência.

A Record marcou no mesmo dia (11) média de 7,8 pontos, com 20% de share e o SBT, de 6,9 pontos, com 17% de share. Nunca a distância entre as três emissoras foi tão pequena.

Até a sumidade do Gugu conseguiu vencer o Faustão, coisa que não ocorria há tempos. Bom, aí também é páreo duro em matéria de mediocridade.

De qualquer forma, o “Programa do Gugu” (Record) registrou média de 11 pontos de audiência ante 10 pontos do “Domingão do Faustão” (Globo), anteontem. Foi uma das piores médias da história da atração de Fausto Silva. Cada ponto equivale a 58 mil domicílios na Grande SP.

No domingo, durante todo o horário de confronto de Gugu e Fausto Silva, a Record esteve na frente. O “Domingão” chegou a marcar apenas sete pontos de audiência durante um novo quadro de pegadinhas. E olhe lá.

Ilustração: remix de charge de Brum

Deixe um comentário simpático neste artigo: