Geólogos querem elevar Veneza mas crise econômica é problema

Veneza - aquecimento global

RISCO DE NAUFRÁGIO

Do blog ECOnsciência

Por mais absurdo que possa parecer, geólogos bolaram um sistema hidrológico que promete elevar a cidade de Veneza em 30 centímetros. Eles acreditam que esta é a solução para a subida do nível do mar e para as cheias cada vez mais volumosas que assolam a cidade das gôndolas, no norte da Itália, todos os invernos.

Os estudiosos da Universidade de Pádua retomam projetos realizados na década de 1980 para propor o desenvolvimento de um sistema de bombeamento de água para os 12 lençóis de água que circundam a cidade.

Eles sugerem que se tire partido do solo argiloso e impermeável em que se assenta a cidade e se proceda ao bombeamento de água do mar de forma sincronizada para os tais lençóis subterrâneos.

Com este procedimento, toda a cidade que se encontra sobre eles acabaria por elevar-se.

Ainda que a ideia seja promissora, há alguns problemas graves a serem enfrentados: serão necessários 10 anos de bombeamento sincronizado para que toda a cidade de Veneza se eleve. Isto, claro, se o nível da água do mar não subir acima disto nos anos que se seguirem.

Além disso, a elevação da cidade teria que ser feita de maneira uniforme, caso contrário poderiam ruir infraestruturas e edifícios usados pelos habitantes e pelos milhões de turistas que recebe anualmente.

A esta limitação, juntam-se ainda os 100 milhões de euros estimados para o custo de implementação. Justamente numa hora em que a Itália e, de resto, toda a Europa, encontram-se afogadas em graves problemas financeiros. Era a ducha fria que faltava.

No InforSalvador, com ilustração de Darya Sherman

Deixe um comentário simpático neste artigo: