Gatos em origamis de papel remixados como luminárias de metal

Origamis de gatos

UM ÓTIMO EXEMPLO DE PRÁTICAS RECOMBINANTES

O sensível artista oriental olha para o gato, corta uma tira de papel e transforma o bichano num origami, inspirado nas pinceladas da tradicional caligrafia chinesa (Shūfǎ) ou japonesa (Shodō).

Nós, ocidentais, baseados nas delicadas formas onduladas, cortamos e retorcemos fitas de aço, instalamos lâmpadas nas cabeças e reinventamos os gatinhos como bonitas luminárias de mesa.

A isso, os leigos chamam de cópia ou apropriação indevida. Nada: práticas recombinantes – o remix, a colagem e a fusão de ideias – são essenciais à criatividade e ao desenvolvimento cultural.

Origamis de gatos

Luminárias de gatinhos

Práticas recombinantes

Clique nas imagens para ver originais e nos links sublinhados do texto para saber mais.

Deixe um comentário simpático neste artigo: