Garoto fuzila Papai Noel em cartão de Natal dark e provocador

Cartão de "Boas Festas"

PROVOCATIVAS EVOCAÇÕES

A Cachaça da Happy Hour

Improvável, mas não dá para dizer que não aconteceria: um garoto acorda de madrugada com o barulho de alguém invadindo a casa pela chaminé e fuzila o intruso com um tiro no barrigão para acabar com a lenda do Papai Noel.

No simbolismo deste trabalho, é o que, de certa forma, fazemos em algum momento de nossas vidas quando ultrapassamos, às vezes de maneira traumática, a fase da fantasia infantil.

“Nossas cenas são sempre um pouco deprimentes, às vezes constrangedoras, mas com um toque de humor negro”, dizem os autores de BOX – uma série de fotos lúgubres, criada por Kevin Laloux e Delvaux Maxime.

Os dois belgas comandam uma base coletiva de 354 fotógrafos que trabalham sobre cenários de papelão ornamentados com móveis em miniatura.

Cada diorama é construído em dois a três dias em torno da perspectiva da câmera para garantir que as cenas tenham o ângulo, a profundidade e a iluminação adequadas.

As imagens humanas são aplicadas com o auxílio de recursos digitais, como o Photoshop.

A maioria das cenas é de pensamentos arbitrários que surgem na cabeça da equipe. A aleatoriedade das fotos é o que força o espectador a interagir com as imagens em vez de apenas consumi-las.

Após três anos de batalha, somente agora o projeto começa a render frutos. Sua abordagem criativa atraiu grandes clientes para a produção de improváveis cartões de Natal e campanhas publicitárias.

Arte com papelão

Cartão 3D Papelão

Cartão retratando a solidão feminina

Cartão - apto em papelão

Em Wired

Deixe um comentário simpático neste artigo: