Faturamento do comércio eletrônico cresce 20% no Brasil em 2011


Sucesso do comércio online brasileiro

O SUCESSO DO E-COMMERCE BRASILEIRO

O Chefe de Redação

Enquanto o chamado mundo desenvolvido submerge a uma crise econômica das bravas, aqui no Brasil o comércio eletrônico nada de braçadas. O faturamento do setor deverá crescer 20% este ano, movimentando um volume de R$ 18,7 bilhões, ante os R$ 14,8 bilhões registrados em 2010.

A estimativa é da Empresa de Inteligência e Comércio Eletrônico (Ebit), que divulgou na última quinta-feira, 22, um levantamento sobre e-commerce, durante evento promovido pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio), na capital paulista.

Os dados revelam que os eletrodomésticos lideraram as vendas na internet, no primeiro semestre deste ano, seguidos por produtos de informática, saúde, beleza e medicamentos, livros e assinaturas de jornais e revistas e eletrônicos.

De acordo com o levantamento, o Brasil já é o quinto país com maior número de usuários de internet (80 milhões), com 27 milhões de consumidores eletrônicos. Este ano, 4 milhões de pessoas fizeram sua primeira compra online, sendo que 61% pertenciam à classe C.

A pesquisa mostrou ainda que durante o ano passado a satisfação com o serviço prestado pelas lojas virtuais ficou perto dos 90%.

Completo aqui

* * *

O Chefe de Redação


Deixe um comentário interessante neste artigo: