Facebook não admite existência de sites com ‘book’ no nome


Clone pornô do Facebook

FIM DE FESTA

Do blog BananaPost

Meta-se a besta com o todo-poderoso das redes sociais para você ver o tamanho do pepino que vão apontar na direção do seu… negócio.

O fato é que Mark Zuckerberg não admite qualquer site, domínio ou serviço na internet que tenha como parte de seu nome a palavra book, ou que possa assemelhar-se, mesmo que vagamente, ao nome Facebook.

E quando uma entidade dessa potência não aprecia alguma coisa, isso significa que essa coisa está com os dias de vida contados ou, como se dizia antigamentre, que é ferro na boneca.

Foi o que ocorreu com um site francês de pornografia. Até muito recentemente o site Sexebook fazia a alegria de alguns solitários franceses. A página inicial era uma clara alusão ao Facebook, mas tudo era uma grande brincadeira.

Só de sacanagem referiam-se a si próprios como a primeira rede social libertina do mundo. Porém, depois que o Facebook pôs seus olhos em sua existência essa alegria foi extinta.

Posteriormente, os donos do site, talvez em decorrência do poder econômico da maior rede social do mundo, ou até temendo uma intervenção jurídica, resolveram transferir a posse do endereço para a empresa de Zuckerberg e acabar com os serviços prestados.

Segundo o site Fusible, o endereço Sexebook.com desde a semana passada, além de estar fora do ar, já é posse da Facebook Inc.

Não é a primeira vez que a maior rede social do mundo sai à caça de sites cujos nomes remotamente lembram sua alcunha. Meses atrás o site Shagbook (nome semanticamente bastante próximo de Sexebook), que operava no Reino Unido, também teve seus serviços interrompidos.

Fonte 

* * *

Blog BananaPost - o porta-voz da macacada


Deixe um comentário simpático neste artigo: