Fábula das penas ao vento explica onda de mentiras no Facebook

SACERDOTE IMPÕE PENITÊNCIA A CALUNIADOR

Mentiras na mídia e redes sociais

Vivemos tempos obscuros onde o noticiário político manipulado pela velha mídia é compartilhado voraz e acriticamente através das redes sociais. O que faz lembrar a fábula das penas ao vento.

Conta-se que num outro tempo e lugar bem distante daqui, um jovem pecou levantando falso testemunho. Ele inventou uma história repleta de meias verdades sobre uma pessoa inocente.

A intriga se espalhou com velocidade a ponto de prejudicar seriamente a vítima.

Não existe mentira mais perversa do que a meia verdade. Todos veem a metade verdadeira e deduzem o resto. O problema é que a outra metade era inventada… pura mentira.

Ocorre que ao ver os danos causados ao injuriado, o caluniador se arrependeu de seu pecado e procurou um velho sacerdote para fazer a confissão.

– Você vai pegar um travesseiro de penas, subir numa montanha e soltar as penas ao vento – recomendou o sábio.

– Só isso? – admirou-se o penitente.

– Sim. Depois volte aqui.

No dia seguinte o jovem retornou satisfeito.

Então o sacerdote disse:

– Agora você está preparado para cumprir a segunda parte da penitência: vá à planície e recolha todas as penas novamente no travesseiro. Depois volte para receber a absolvição.

O jovem balbuciou, inconsolável:

– Mas… isso é impossível!

– Justamente. Da mesma forma como é impossível reparar calúnias, boatos e fofocas.

Deixe um comentário interessante neste artigo: