Extremista Mayara Petruso vai acabar é pelada na Playboy

Extremista Mayara Petruso demitida

A Cachaça da Happy Hour

O escritório Peixoto e Cury Advogados, de São Paulo, confirmou hoje à Folha de S.Paulo que a estagiária e estudante de Direito Mayara Petruso não faz mais parte de seu quadro de funcionários.

Como se diz, direto, no popular: foi despedida, o que compromete definitiva e negativamente a sua futura carreira profissional. O que vai lhe restar agora, a Playboy ou alguma outra revista masculina do gênero?

“O Peixoto e Cury Advogados confirma que a estudante de Direito, Mayara Petruso foi sua estagiária, porém, não faz mais parte dos quadros do escritório. Com muito pesar e indignação, lamenta a infeliz opinião pessoal emitida, em rede social, pela mesma, da qual apenas tomou conhecimento pela mídia e que veemente é contrário, deixando, assim, ao crivo das autoridades competentes as providências cabíveis”, afirmou constrangido, em nota, o escritório.

Ela é apontada como a autora original de uma série de estúpidos comentários racistas no Twitter, feitos logo após as eleições, responsabilizando os nordestinos pela vitória de Dilma Rousseff. E terá de pagar por esta irresponsabilidade.

Nordestino não é gente. Faça um favor a SP: mate um nordestino afogado!, escreveu com todas as letras a estudante no microblog.

A declaração provocou reações indignadas dos internautas que se posicionaram contra. Mas houve muitos, que ficaram a favor. Mais tarde, ela cancelou seu perfil no Twitter, Facebook e Orkut. Já era tarde, o estrago estava feito.

A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de Pernambuco pediu ao Ministério Público Federal, em São Paulo, a abertura de uma ação penal contra a estudante, por entender que “ao postar aquelas declarações, ela expressamente sugere que se mate um nordestino afogado. Ela incitou o homicídio e incorreu a prática delituosa de racismo, que configura crime inafiançável.”

Leia a cobertura completa do caso no Blog do Rovai, editor da Revista Fórum.

* * *

Blog da Nívia de Oliveira Castro

17 comentários em “Extremista Mayara Petruso vai acabar é pelada na Playboy

  • 4 de junho de 2011 em 06:28
    Permalink

    mayara faça amor com um nordestino que garanto que voce muda de opiniao.

    Resposta
  • 27 de novembro de 2010 em 18:03
    Permalink

    BRASÍLIA – CAPITAL

    Apesar de ser uma cidade jovem (50 anos), a Capital Federal ostenta uma história promissora que desmonta toda teoria racista. Está localizada no coração do Brasil e Já nasceu com o destino de irradiar esperança para todos os brasileiros. Brasília (em 1960) já era cheia de palácios. Lá só entrava quem fosse nobre ou fizesse parte da camarilha política.

    Para cá veio gente de todo lado. Muitos goianos, nordestinos, mineiros, baianos, paulistas, cariocas, gaúchos e nortistas. Todos muitos pobres. Os conhecidos candangos mesmo discriminados foram aceitos para trabalhar na construção civil. Formaram-se as favelas Morro do Urubu, Fercal e Telebrasília, totalizando mais de vinte. As raças foram sendo misturadas.

    O Governo local estimulou a alfabetização, construindo escolas para a educação fundamental. Resultado: o analfabetismo só não foi totalmente irradicado porque todo dia chegam ainda levas de migrantes de todo país em busca de emprego. Os filhos desses candangos viraram juízes, médicos, advogados, grandes empresários, comerciantes e políticos. O PIB do DF é maior que o Paraguai e Bolívia juntos (R$ 100 bilhões). A renda per capita é maior que São Paulo que é de R$. 29.000. Brasília a é de R$ 40.000,00.

    O Distrito Federal possui um expressivo comércio varejista, uma agricultura voltada para avicultura, hortigranjeiros, produção de soja, criação de gado e turismo bem desenvolvido. Tem um pólo industrial não poluente, destacando, ainda, uma área produtora denominada cinturão verde, situada na Região Geoeconômica de Brasília que abastece a cidade e já está exportando alimentos para outros locais.

    A qualidade de vida da população de Brasília situa-se no mais avançado padrão de excelência. Certamente, por ser sede político e administrativa da República, Brasília está dotada de infra-estrutura básica como segurança, escolas e transportes, em nível de eficiência encontrado em poucos locais do país. Possui um moderno aeroporto internacional – 3ª cidade do país em movimento de tráfego aéreo -, metrô, uma enorme frota de ônibus urbano e transporte rodoviário para todo o país. Tem um padrão de vida maior que muitos países do primeiro mundo.

    Resposta
  • 25 de novembro de 2010 em 14:56
    Permalink

    kkkkkkk… e isso td me fez rir = pobre garotinha.

    Segue o link de um texto mt interessante sobre o caso, da Profª Drª Maria Aparecida Silva Ribeiro – UFS (Universidade Federal de Sergipe): “A Criança, o Brinquedo, a Educação ou A história da menina que odiava nordestinos”

    http://www.ufs.br/?pg=artigo&id=256

    Resposta
  • 21 de novembro de 2010 em 13:39
    Permalink

    Está ai minha sugestão: – “Calem a boca, nordestinos!”
    Calem a boca, porque vocês não precisam se rebaixar e tentar responder a tantos absurdos de gente que não entende o que é, mesmo sendo abandonado por tantos anos pelo próprio país, vocês tirarem tanta beleza e poesia das mãos calejadas e das peles ressecadas de sol a sol.

    Resposta
  • 13 de novembro de 2010 em 00:00
    Permalink

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    maravilhoso desfecho teve a sua história de começo de carreira, querida!!! nada mais justo para uma pessoa racista… como vc!

    Resposta
  • 5 de novembro de 2010 em 22:13
    Permalink

    mas quem em sã consciencia ficou com tesão com as idiotices que essa garota proferiu??? só se for os nazistas de plantão

    Resposta
  • 4 de novembro de 2010 em 11:26
    Permalink

    Que os colegas estudantes de Direito me desculpem, mas essa menina metida a riquinha mal educada envergonha a classe. Deveria estar na cadeia!

    Resposta
  • 4 de novembro de 2010 em 10:35
    Permalink

    Bem o que podemos nós (NORDESTINOS), esperarmos algo de bom e de inteligente de uma garota como ela (Mayara Petruso)? Não passa de uma garota, mimada, não sabe o que é a vida além do mais fala de um povo que desconhece suas origens.
    Será que ela também não é Nordestina? É melhor ela consultar a árvore genealógica da família dela, pra saber se ela realmente também não é tão NORDESTINA assim como sou e com muito ORGULHO.

    Resposta
  • 3 de novembro de 2010 em 22:57
    Permalink

    MAYARA NÂO VAI POSAR PARA A PLAYBOY, vai posar para a revista do globo rural.

    Resposta
  • 3 de novembro de 2010 em 22:20
    Permalink

    Parabéns a mayara $%@&§sujo! Uma salva de palmas à “inteligência” de nossa “heroína”!
    Depois de incitar o povo (os paulistas) a desmoralizar os nordestinos, ela nos aparece com uma medida de igual valor e intensidade para, dizendo um português claro, “tirar o dela da reta”.
    REALMENTE um pedido de desculpas pode remediar a m&®d@ feita?
    “A garota será alvo de duas ações: uma por racismo e outra por “incitação pública ao ato delituoso”. A primeira estipula pena de 2 a 5 anos de detenção, e a segunda, de 3 a 6 meses de reclusão ou multa. O crime de racismo é imprescritível e inafiançável.” (fonte: yahoo.com)

    VIVA MAYARA!!!
    “Fez m&®d@ irremediável? É só pedir desculpas” =D

    Resposta
  • 3 de novembro de 2010 em 21:58
    Permalink

    Sou de São Paulo e tenho nojo desses racistas! O Serra só fez despertar essa ira racista que infelizmente existe em alguns “brasileiros”. Que ela e outros racistas sejam punidos na forma da lei.

    Resposta

Deixe um comentário interessante neste artigo: