Espuma de madeira substitui revestimento térmico à base de petróleo

NOVO INSUMO COM SERRAGEM RECICLADA

Revestimento térmico

Clique na imagem acima para ampliar e observe em detalhes a textura desse material. É uma massa compacta de serragem, endurecida com resinas também extraídas de rejeitos industriais da madeira.

Essa espuma vai melhorar a qualidade dos componentes para o isolamento térmico, substituindo os plásticos petroquímicos usados atualmente em refrigeração, ar-condicionado e outros revestimentos.

As espumas expansíveis são isolantes térmicos de ótima qualidade, mas há muito entraram na mira dos ambientalistas, que batalham pela sua substituição por materiais não derivados do petróleo.

O Instituto de Pesquisas da Madeira, na Alemanha, encontrou uma saída com a reciclagem dos resíduos da indústria madeireira, fábricas de móveis, carpintarias e marcenarias em geral.

O novo insumo pode ser usado exatamente da mesma forma que as espumas poliméricas expansíveis convencionais, mas é um produto 100% natural, feito a partir de matérias-primas sustentáveis.

COMO UM BOLO ASSADO

A técnica consiste em moer os cavacos de madeira até que as partículas tornem-se uma massa viscosa que, posteriormente é expandida e endurecida com a ajuda de substâncias extraídas da madeira.

“É um pouco como assar um bolo, quando a massa cresce e se torna firme no forno”, explica o professor Volker Thole, coordenador do projeto.

A espuma de madeira é leve e pode ser conformada em placas de espuma rígida ou em tapetes e mantas de espuma flexível.

Até agora, nenhum produto alternativo tinha sido capaz de competir com os isolantes térmicos derivados de plásticos, devido à rápida degradação pela acomodação das fibras no centro do material.

No longo prazo, a equipe alemã espera desenvolver uma variedade da espuma de madeira que possa substituir o poliestireno expandido, o conhecido isopor – altamente inflamável e tóxico.

2 comentários em “Espuma de madeira substitui revestimento térmico à base de petróleo

  • 17 de maio de 2016 em 14:44
    Permalink

    Olá, onde posso conhecer este material e comprar para teste,

    Elton
    51 9010 8070

    Resposta
    • 18 de maio de 2016 em 11:10
      Permalink

      Fizemos uma ampla busca para tentar te ajudar, Elton, mas só conseguimos informações técnicas. Infelizmente, ao que parece, o produto ainda não chegou por aqui. Em caso de novidades, entraremos em contato com você.

      Resposta

Deixe um comentário simpático neste artigo: