Em 2012 Brasil passa a França e vira a 5ª economia do mundo

Brasil - Quinta maior economia mundial

BRASIL NA PRIMEIRA DIVISÃO

O Chefe de Redação

Foi com indisfarçado constrangimento que, nos últimos dois dias, os veículos da velha mídia se viram obrigados a repercutir a confirmação de que o Brasil havia mesmo ultrapassado a poderosa Inglaterra (Reino Unido) para ocupar o posto de sexta maior economia do mundo no ano passado.

Seguindo a deixa da Folha de S.Paulo, tiveram que dar nó em pingo d’água para tentar (sem sucesso) desqualificar o feito inédito (e histórico) do País, ao considerar “pífio” e muito abaixo das “possibilidades” o crescimento do PIB de 2,7% em 2011. Como se tal estratégia colasse na opinião pública.

O que faz lembrar a velha lição do insuspeito (porque conservador) ex-ministro Delfim Netto de que, para efeitos práticos em tempos de crise, quando você dá dois tímidos passos à frente e seus fortes concorrentes retrocedem dois pulos, o que importa considerar é o saldo obtido neste movimento. Elementar.

Agora, depois de deixar os britânicos para trás, será comovente observar os malabarismos dos anacrônicos “especialistas” midiáticos quando o Brasil se tornar a quinta potência econômica ainda em 2012, ultrapassando a França. Vai ser de uma hora para outra, provavelmente até o terceiro trimestre.

O prognóstico, antecipado pela consultoria britânica EIU (Economist Intelligence Unit), indica que o país avança no ranking de maiores economias a um ritmo rápido — e não ao contrário, nas condições adversas globais, a despeito do que tentam fazer crer os comentaristas neoliberais.

“Esses desenvolvimentos pareceriam improváveis há cinco anos, mas refletem como as economias avançadas foram atingidas pela crise e como a brasileira tem se expandido, impulsionada pelas exportações de commodities”, diz Robert Wood, economista sênior da EIU.

Com a própria FSP

3 comentários em “Em 2012 Brasil passa a França e vira a 5ª economia do mundo

  • 11 de março de 2012 em 02:30
    Permalink

    vocês reclamam por o Brasil estar crescendo? Entao vocês nao sabem de nada por que vai chega uma hora que o Brasil vai te que dar um jeito pra melhorar a saude para poder passar os grandes paises,mas eu acho que assim é que se melhora um pais e nao tudo na pressa

    Resposta
  • 9 de março de 2012 em 13:46
    Permalink

    Não é só a imprensa decadente que se incomoda com este início de caminhada do país depois de passar 500 anos deitado em berço explêndido e sendo expoliado sem que ninguém desse um pio. Os psolentos e assemelhados também destilam o mesmo fel da direita por saberem dos benefícios que estas mudanças no tabuleiro econômico e geopolítico trarão no médio e no longo prazos. Daí a campanha sistemática de desclassificação destas recentes conquistas, que só passaram a acontecer com efetividade de 9 anos para cá. Quem ainda acha pouco, que arregace as mangas e dê sua contribuição trabalhando, porque reclamar e meter o cacete é fácil.

    Resposta
  • 9 de março de 2012 em 11:58
    Permalink

    Ao ver notícias como estas de que o Brasil segue rumo ao primeiro lugar da Galáxia como 5ª depois 4ª economia do mundo é de dar nojo.
    Grande coisa e mostra mesmo a vergonha das grandes mídias em admitir um fato que se parece real, mas que é uma grande mentira deslavada para consumo interno ( engana os incautos ) e para ser um chamarisco para especuladores que transformam este país em nova fortaleza econômica a custa de créditos dados de baciadas a sociedade que se endivida.
    Os juros aqui fazem qualquer grande investidor jogar a grana aqui e fazem daqui uma máquina de lavar dinheiro e o stabilishment no poder segue o folhetim dos planos da elite globalista rumo a uma NOM.
    O que adiante ser a quarta, a quinta e seja qual for a colocação, se nosso país apresentam na realidade tantos problemas crônicos.
    Do que adianta ser um dos grandes entre os grandes?
    Saúde, uma lástima, morrem muitos em filas de hospitais.
    Estradas Brasil adentro, um caso de segurança nacional, não sei como este país ainda anda com tantas estradas intransitáveis por aí.
    Aeroportos em frangalhos, só querem dar uma melhoradinha por conta destes eventos esportivos que nada vão trazer de benefício prático ao país, a não ser para donos de clubes, jogadores, fornecedores e outros que estiverem na festa do bolão.Coisa que tenho nojo desde que me conheço por gente.
    Nossas escolas caindo aos pedaços e o aluno finge que aprende e o professor finge que ensina.
    Um povo que ganha uma miséria de salário que o obriga a fazer os créditos da vida para comprar algo a perder de vista. Como eu queria ser a fonte de um banco, saber que nunca vou perder no final. Pois quem ganha é a banca.
    Um país com tantos problemas crônicos que não se difere dos problemas africanos, ainda querem nos vender a falsa mensagem de que estamos nos tornando as maiores economias. Pode ser pelo tamanho do mercado de consumo. Mas os problemas continuam no ranking dos piores do mundo de 1 a 10. Não nos enganemos com propagandas lindas como estas.
    Servem a alguns interesses tudo isto.
    Enquanto o povo continua a chupar dedos, poucos ganhando e rindo e os problemas sem serem resolvidos. Se o Brasil ainda fosse a 5ª economia, mas seu povo desfrutasse de todos os benefícios disto tudo, aí sim até eu teria orgulho de dizer que meu país é a quinta economia do mundo. Quinta desse jeito?

    Resposta

Deixe um comentário interessante neste artigo: