Dose dupla: Descobrimento do Brasil e Adão e Eva no Paraíso

História da corrupção

Do blog BananaPost

Um alemão, um francês, um inglês e um brasileiro estão reunidos na galeria de arte de um museu, em frente a uma pintura clássica. Eles apreciam um quadro de Adão e Eva no Paraíso.

O alemão comenta:

– Olhem que perfeição de corpos:
Ela, esbelta e espigada;
Ele, com este corpo atlético, os músculos perfilados.
Devem ser alemães.

Imediatamente, o francês contesta:

– Não acredito. É evidente o erotismo que se desprende das figuras.
Ela, tão feminina…
Ele, tão masculino…
Sabem que em breve chegará a tentação…
Devem ser franceses.

Movendo negativamente a cabeça o inglês comenta:

– Que nada! Notem a serenidade dos seus rostos,
a delicadeza da pose…
a sobriedade do gesto.
Só podem ser ingleses.

Depois de alguns segundos mais, de contemplação silenciosa, o brasileiro declara:

– Não concordo. Olhem bem:
não têm roupa,
não têm sapatos,
não têm casa,
tão na merda,
E só têm uma única maçã para comer…
Mas não protestam,
ainda estão pensando em sacanagem e, pior, acreditam que estão no Paraíso.
Só podem ser BRASILEIROS!!!

* * *

Blog BananaPost - o porta-voz da macacada

9 comentários em “Dose dupla: Descobrimento do Brasil e Adão e Eva no Paraíso

  • 16 de novembro de 2016 em 12:13
    Permalink

    Oi, pessoal, consultei o Fred Cartunista sobre esta charge, mas ele disse que não é o autor. Vocês têm alguma pista de quem seja o autor?

    Resposta
    • 16 de novembro de 2016 em 13:23
      Permalink

      Não temos a menor sombra de dúvidas, Denizia, de que a charge em questão seja de autoria do Fred Ozanan. Como data de 2010, tanto tempo depois seria compreensível até que o cartunista tivesse esquecido dela.

      Porém, não há como negar: esta charge foi assinada por ele e publicada em seu blog, conforme o link que te indicamos e onde você também postou comentário solicitando autorização para reproduzi-la no livro.

      Sabe o que faríamos? Guardaríamos a resposta do Fred e publicaríamos a charge mesmo sem autorização formal, porém deixando clara a autoria e o endereço de onde foi retirada, para demomonstrar total boa-fé.

      Resposta
      • 22 de novembro de 2016 em 09:47
        Permalink

        Obrigada, encontrei a charge no blog do Fred.

        Resposta
  • 26 de outubro de 2016 em 18:33
    Permalink

    Boa tarde, sou professora da Rede Pública do Estado do Paraná e estou cursando o PDE, um programa de formação do governo. Vou aplicar meu projeto no ano que vem aos alunos da Escola Estadual “Prof.Giampero Monacci”, de Itambé-PR. O trabalho tem como tema a corrupção. Gostaria de usar a charge acima neste trabalho. Vocês podem autorizar?

    Resposta

Deixe um comentário simpático neste artigo: