Dois asteroides caíram no mesmo lugar em épocas diferentes

ESSE É O CÚMULO DA COINCIDÊNCIA CÓSMICA

O cúmulo da coincidência cósmica

Durante a vida toda geólogos tiveram a certeza de que o par de Lagos Clearwater, no Canadá, havia se formado num único evento cósmico, pelo impacto dos fragmentos de um asteroide binário.

Era, até agora, a única explicação plausível para a proximidade das duas crateras, a maior com 36 km de diâmetro e a menor com 26 km. A explosão teria ocorrido há uns 285 milhões de anos.

Porém, a coleta de novas amostras de argônio-40 e cloro na região revelou aos cientistas da Universidade Western Australia que um dos lagos seria 185 milhões de anos mais antigo que o outro.

As evidências da queda de corpos celestes diferentes num só ponto causaram um baita rebuliço no meio acadêmico. E ainda há quem não acredite que dois raios possam cair no mesmo lugar…

O cúmulo da coincidência cósmica

Clique nas imagens para ver originais e nos links sublinhados para saber mais.

Deixe um comentário simpático neste artigo: