Diretor de Titanic e Avatar volta após explorar o segredo do abismo

Submarino oceânico

JAMES CAMERON RETORNA DE FOSSA ABISSAL

Do blog ECOnsciência

Não podia ter sido outro que não o obcecado cineasta canadense James Cameron.

Depois de mandar Leonardo de Caprio, em Titanic, e Ed Harris, em O Segredo do Abismo, de mentirinha para as profundezas oceânicas, foi o próprio diretor de cinema quem começou pra valer o mergulho à Fossa das Marianas, na tarde do último domingo.

Não é um leito de mar qualquer, mas o local mais profundo da Terra. Ele desceu à bordo do Deepsea Challenger, pequeno veículo para exploração oceânica em condições extremas. Nesta segunda-feira, voltou são e salvo para a superfície.

“Acabei de voltar do ponto mais profundo do oceano. Chegar ao fundo do poço nunca foi tão bom”, comemorou Cameron. Ele foi a primeira pessoa a realizar um mergulho sozinho ao fundo da fossa.

O diretor atingiu o local às 7h52 desta segunda-feira, de acordo com a National Geographic, que classifica o local como o “mais hostil” do planeta e fica imerso em uma escuridão permanente.

Vida marinha em fossa abissal

Cameron passou cerca de seis horas explorando e filmando o leito da fossa das Marianas, localizada a cerca de 320 quilômetros da ilha de Guam, no Pacífico Sul.

A profundeza abissal, espécie de cicatriz de 2.550 km de extensão no leito marinho do Pacífico, tem até 11 km de profundidade. O Monte Everest, a montanha mais alta da Terra, tem 8.850 metros de altitude.

O engenheiro suíço Jacques Piccard e o capitão da Marinha americana Don Walsh são os únicos que já desceram àquele local, mas sua expedição, em 1960, durou apenas 20 minutos.

DESAFIO PROFUNDO

O batiscafo Deepsea Challenger  — “Desafiante do Mar Profundo”, em tradução livre — foi construído em segredo na Austrália e é descrito pelo diretor como um “torpedo vertical”.

Antes do Challenger, os veículos submarinos mais avançados do mundo haviam sido projetados por governos e o mais eficiente deles, um veículo japonês, alcança cerca de 6,5 quilômetros de profundidade.

Cameron atingiu os 11 km viajando com os joelhos dobrados e praticamente imóvel por aproximadamente nove horas. Em breve se saberá com que tipo de vida andou esbarrando por lá…

O Segredo do Abismo
Fonte


Um comentário em “Diretor de Titanic e Avatar volta após explorar o segredo do abismo

Deixe um comentário interessante neste artigo: