Deu zebra num tremendo golpe… não do baú, mas de sorte!

Viúva Rica

A VIÚVA RICA

Do blog BananaPost

Os amigos Jack e Bob decidiram esquiar nas montanhas geladas.

Então eles colocaram tudo na minivan e seguiram para o norte.

Após dirigir por algumas horas, foram surpreendidos por uma terrível tempestade.

Buscaram abrigo numa fazenda próxima e perguntaram a uma mulher atraente, que atendeu à porta, se poderiam pernoitar.

— Compreendo que o tempo esteja pavoroso. Mas eu vivo sozinha nessa casa enorme e como fiquei viúva recentemente receio pelo que os vizinhos possam falar se os deixar ficarem aqui. — se desculpou.

— Não se preocupe — disse Jack. — Estaremos bem se pudermos dormir no celeiro. Assim que o tempo amainar, iremos embora de manhã bem cedo.

A mulher enfim concordou e os dois homens foram para o celeiro passar a noite.

Amanheceu, o tempo clareou, e eles seguiram caminho.

Aproveitaram um bom fim de semana, esquiando.

Cerca de nove meses depois, Jack recebeu uma inesperada correspondência de um escritório de advocacia.

Demorou um tempo até compreender que era do advogado da bela fazendeira que tinha conhecido no fim de semana em que saiu para esquiar.

Ele procurou o amigo Bob e perguntou:

— Você lembra daquela ricaça bonita, viúva, da fazenda onde pernoitamos naquele fim de semana, nove meses atrás?

— Lembro sim. — disse Bob, com cara de paisagem.

— Por acaso, você, hummm… saiu escondido para visitá-la naquela noite?

— Hã… Eu? Bem… Sim! — respondeu Bob, envergonhado por ter sido descoberto. — Devo admitir que fui.

— Tudo bem, mas seja sincero… Você deu meu nome completo ao invés de dizer o seu?

O rosto de Bob ficou roxo que nem beterraba e ele gaguejou:

— Olha, peraí, desculpa amigão, acho que fiz isso mesmo. Por que, deu alguma zebra?

— Deu. Ela morreu e deixou a herança toda pra mim…

Deixe um comentário simpático neste artigo: