Dentro de três anos Brasil terá um computador por habitante

AGORA JÁ SÃO 118 MILHÕES DE PCs EM USO

Quantidade de computadores no Brasil

Agora em maio chegará a 118 milhões o número de computadores em uso no Brasil. Isso significa que existem, no País, três desktops para cada cinco brasileiros — ou 60% de penetração.

Os números divulgados pela Fundação Getúlio Vargas incluem usuários de PCs domésticos e comerciais e excluem modalidades de dispositivos móveis, tais como os smartphones.

A pesquisa avalia a base instalada, ou seja, os computadores que estão realmente sendo utilizados, e não apenas a quantidade de máquinas vendidas.

Segundo o Centro de Tecnologia de Informação Aplicada da Escola de Administração de Empresas de São Paulo, da FGV, desde 2006 se tem um crescimento médio constante de 19% ao ano.

TIRANDO O ATRASO

Há apenas 25 anos, em 1988, o Brasil tinha 1 milhão de computadores, número que na virada do milênio chegou a 10 milhões e quintuplicou em 2008 — quando o País chegou à marca de um PC para cada quatro habitantes.

No ano seguinte, a taxa já era de uma máquina para cada três pessoas, ou 33%, sendo que em 2013 a taxa chegou aos 60% — ou três equipamentos para cada cinco brasileiros.

A expectativa da FGV é que até 2016 se tenha a mesma quantidade de computadores e de habitantes — 200 milhões.

UM NOVO PC POR SEGUNDO

A previsão era para 2017, mas foi antecipada uma vez que o levantamento, a partir do ano passado, passou a incluir os tablets na categoria de computador pessoal.

A penetração do computador de 60% no Brasil ainda é metade da norte-americana, mas já se encontra bem acima da média mundial, de 41%.

O número de máquinas dobrou nos últimos quatro anos, e hoje o cálculo é de que a cada segundo um novo equipamento seja vendido no País.

Mais aqui

Deixe um comentário simpático neste artigo: