Cordel da Copa do Mundo 2014: FIFA quer rebaixar acarajé baiano

Charge - Acarajé x McDonald's

MAC ACARAJÉ

Do blog BananaPost

A FIFA VAI REBAIXAR O ACARAJÉ BAIANO?
(CORDEL DA COPA 2014)

Antonio Barreto – natural de Santa Bárbara, na Bahia

Na imprensa em geral
Tem sido noticiado
Um fato bem curioso
Deveras inusitado:
Que o acarajé baiano
Agora foi rebaixado!

É que a FIFA proibiu
A venda desse manjar
Na Arena da Fonte Nova
Onde ali vamos mostrar
Jogos da Copa do Mundo
Para todo o além-mar.

Eu não posso avaliar
Quem está com a razão
Se quem vende o acarajé
Ou a FIFA em questão.
Então fui ouvir o povo
Pra me dar sustentação.

Munido de leptop
Nas ruas de Salvador
Eu entrevistei a todos
Do malandro ao doutor…
Então veja a opinião
Desse povo arrojador:

— O presidente da FIFA
Deve estar desinformado
Pois o nosso acarajé
Há muito foi registrado
Como Patrimônio Histórico
Pelo IPHAN aqui no Estado.

— Eu soube que a McDonald
Essa empresa invasora
É quem vai mandar na Copa
Como patrocinadora
Então vamos ter cuidado
Com o “corte da tesoura”!

— Essa tal de McDonald
Já traçou seu grande plano
Expulsar o acarajé
Do território baiano
Para então introduzir
Seu veneno americano.

— Eu não quero fast food
De quinta categoria.
Sanduíche importado
Não tem a menor valia
Além de ser muito caro
Vai me dar disenteria.

— Será que vão proibir
O açaí e o tacacá
Na Arena Esportiva
Lá de Belém do Pará
E também a tapioca
Na Arena do Ceará?

— Quero a carne de jabá
Do nordeste brasileiro
E o pastel tão saboroso
Lá do Rio de janeiro
Mas não quero fast food
Importado do estrangeiro.

— Querido Aldo Rebelo
Ministro nacionalista
Oriundo da nascente
Do Partido Comunista
Fique atento às mazelas
Da “Máfia Futebolista”!

— Eu espero que a FIFA
Não “teja” de sacanagem
Querendo ditar as regras
Com sua picaretagem
Permitindo que a Mac
Venha aqui levar vantagem.

— Muita grana é envolvida
Nesse tipo de evento
Quem é fraco fica fora
Quem é forte fica dentro…
Não me meto nessa onda
Pois o jogo é truculento.

— A Copa do Mundo vem
Pra trazer muita alegria
E também investimento
Para o povo da Bahia
Mas espero que o Blatter
Não coloque água fria.

— Por essa, meu caro amigo
Nem irmã Dulce esperava
Tampouco Mãe Menininha
Que em vida preparava
Seu bolinho de acarajé
E aos deuses ofertava.

— O “marketingue” da FIFA
Sediado em Zurique
Só entende de dinheiro
McDonald e butique.
Já estou acostumado
Com mentira e trambique.

— Vou fazer um bom “despacho”
E botar na encruzilhada…
Quando Blatter for passando
A sorte será lançada:
Ele “vira” uma baiana
Bem bonita e enfeitada!

— Copa sem acarajé
Na querida Salvador
É o mesmo que namoro
Sem beijinho e sem amor
Ou quem sabe um pomar
Solitário sem ter flor!

— Tanto eu respeito a FIFA
Quanto a globalização
Entretanto precisamos
Manter essa tradição
E assim mostrar ao mundo
Nossa valorização.

— A peleja do hamburgue
Com o nosso acarajé
Parece até a peleja
Do Maradona e Pelé…
Mas tomara que a FIFA
Use sempre a boa fé!

— O cardápio McDonald
Nunca foi meu predileto.
Então digo logo à FIFA:
Por favor, saia de retro
Eu prefiro o acarajé
Com dendê e com afeto.

— Pelas redes sociais
A notícia se espalhou
Eu não sei se é verdade
Ou alguém que inventou
Pois até esse momento
A FIFA não confirmou.

— Vamos debater o assunto
Em bonito e alto astral
Pois o nosso acarajé
É um corpo ancestral
Da cultura africana:
Um bem imaterial.

— Eu soube que a Big Mac
Vai ter a prioridade
De impor os seus produtos
Com toda exclusividade
Rebaixando o acarajé
Que é o símbolo da cidade.

— Essa Copa é da Elite,
Já estou acostumado
Eu aqui pago os impostos
Pra ajudar o meu Estado
Mas é o “Poder da Bola”
Que então fica abonado.

— Você já veio à Bahia?
Se não veio, tá na hora
Lá vem a Copa do Mundo
Sea bienvenido ahora:
Você come “McDonald”
E depois vai dando o fora!

— Ao redor da Fonte Nova
A Mac vai expulsar
A turma do acarajé
Que dali se aproximar
Mas com a força de Iansã
Nós não vamos arredar.

— A Copa do Mundo é
Espetáculo pra turista
E para a televisão
Que também está na lista
Dos que lucram pra valer
No mundo capitalista.

— E se for a dobradinha
Coca-Cola e acarajé?
Essa boa parceria
É bacana ou não é?
Quero ver se a tal da FIFA
Vai negar e dar de ré!

— É somente o acarajé
Que tá fora da parada?
Como fica o abará
A punheta e a cocada?
Daqui a pouco proíbem
Tabaréu na arquibancada!

— Encerrei as entrevistas,
Cochilei ali pensando:
Isso tudo é realidade
Ou é um delírio brando?
Zé Limeira respondeu:
Tu estás cordelirando!

— Pra Pasargada vou voando
Encontrar com Rapunzel
Satisfeito com a polêmica
Registrada em cordel
Do acarajé baiano
Com esse bando de infiel.

FIM

Salvador, outubro de 2012

Bainas vendem Mac Acarajé na Copa

Em A Voz do Cordel – com Charges da Metrópole

Deixe um comentário no blog