Como gravar corretamente o vídeo de um OVNI sem tremedeira

UM GUIA COM O PASSO-A-PASSO DA BOA FILMAGEM

A principal falha das filmagens de objetos voadores não identificados é a instabilidade das imagens, provocada pela tremedeira da testemunha ocular que registra a cena, em geral com o celular.

É até compreensível, já que discos voadores não costumam marcar hora e quase sempre aparecem de surpresa, sem que haja tempo para o observador armar o tripé com calma ou antecedência.

Técnicas de filmagem de OVNIs

Desde, evidentemente, que o contatado de primeiro grau tenha sangue frio suficiente para abduzir as imagens para dentro da câmera e não saia correndo para se esconder debaixo da cama.

A norte-americana Angela Ashton, por exemplo, até que se comportou bem ao topar com um conjunto de luzes estranhas no céu noturno de Olive Branch, uma cidadezinha do Mississipi, EUA.

Passava da meia-noite quando um OVNI aparentemente triangular pairou durante cerca de 20 minutos próximo de sua casa na área rural. Ela saiu com a câmera em punho e fez as tomadas.

O caso chegou a repercutir na mídia local, sendo exibido num canal de televisão. Embora as imagens sejam nítidas e o zoom de boa qualidade, Angela cometeu uma série de pequenos erros.

O mais flagrante – e o mais recorrente nesses casos – foi não ter buscado um ponto de apoio para a estabilização da filmagem que permitisse uma melhor visualização do fenômeno luminoso.

UM GUIA PARA FILMAR DIREITINHO

Se a sortuda tivesse lido antes o UFO Captor, não teria incorrido nessa e outras falhas. Num post recente, o blogueiro Ricardo Pomalaza dá instruções como gravar corretamente um OVNI.

É um guia com um passo-a-passo basicão que, descontado o nervosismo com as aparições, vai permitir que você apresente depois sequências mais decentes que as que o YouTube mostra.

Não duvide dessa possibilidade. Considere que já existem atualmente mais de 1 bilhão de usuários de smartphones em todo o mundo com a capacidade para gravar imagens em movimento.

Com um crescimento estimado de 2 bilhões até 2016, segundo a eMarketer, as chances de alguém capturar uma nave em vídeo são bastante altas. Inclusive você… se não for abduzido antes.

Assista ao vídeo e clique nos links sublinhados para saber mais a respeito do assunto.

Deixe um comentário interessante neste artigo: