Chocolates ‘premiados’ com brinde nojento no recheio

BARATAS CROCANTES NO NOSSO BOMBOM

Chocolate contaminado

Muitos chocólatras sentem uma coceira incontrolável na língua só de olhar para o chocolate. Mas você já foi acometid@ por algum tipo de irritação na pele após comer a guloseima? Pode ser que você não seja alérgic@ ao doce em si, mas a… baratas!

Verdade. Um relatório da FDA, a rigorosa agência federal que regula e controla alimentos e remédios nos Estados Unidos, descobriu que cada barra de chocolate vendida naquele país carrega, como um brinde ingrato, até oito pedaços do inseto nojento.

Segundo o órgão, a contaminação, ocorre mais durante o armazenamento e o transporte do doce de cacau com leite. Se lá, com a fiscalização intensiva, o problema sanitário existe, imagine aqui no Brasil, com a esculhambação do nosso sistema produtivo.

Deixe um comentário simpático neste artigo: