Cerveja feita com farinha de carne de baleia causa protesto da WDC

STEOJAR, UMA CERVEJA QUE TE DÁ CHIFRES

Cerveja Steojar

“Reduzir um animal como uma baleia a um ingrediente engarrafado é imoral e ultrajante”, reagiu a ONG Whale and Dolphins Conservation diante do lançamento de uma nova cerveja no mercado.

A indignação procede por não se tratar de uma bebida qualquer, já que a cerveja islandesa Steojar usa nada menos que farinha da carne de baleia entre os bizarros componentes de sua fórmula.

A polêmica começou quando a cervejaria divulgou em seu site uma publicidade nada convencional, dizendo que os consumidores que bebessem a novidade se sentiriam os “verdadeiros vikings”.

A cerveja foi produzida para comemorar o festival de inverno e exaltar o deus Thor. O anúncio diz que bebida é “extremamente saudável e de baixíssima caloria”, com 5,2% de álcool e açúcar zero.

A Islândia tem sido alvo de críticas pesadas dos ambientalistas da WDC: “Eles alegam que é um simples produto, mas qual o preço pela vida de uma baleia que poderia ter vivido mais de 90 anos?”

A empresa não rebateu as críticas, apenas lembrando a tradição de se comer baleia em seu país e que a cerveja será vendida somente na sua localidade de produção, no final de fevereiro, no festival.

Deixe um comentário interessante neste artigo: