2 comentários em “Casal Nardoni no paredão: pobre reality show das TVs

  • 28 de março de 2010 em 19:25
    Permalink

    Posso dar uma dica de leitura, amiga?

    Essa é do Carlos Castilho do Observatório da Imprensa. Muito boa a análise. Olha só esse trechinho:

    “A classe C esteve na origem do fenômeno midiático dos Nardoni. É bom lembrar que tudo começou quando, há dois anos, a TV Record apostou na cobertura do crime e conseguiu uma empatia imediata da classe C.

    Ao perceber o sucesso da concorrente, a Globo entrou pesado no jogo não por interesse jornalístico ou informativo, mas por razões basicamente COMERCIAIS. A estratégia era não deixar a audiência da Record disparar porque isto significava perda de pontos no IBOPE e queda do valor do minuto comercial.

    A Globo não estava tão preocupada com a perda de pontos, mas com o custo da recuperação dos telespectadores perdidos para a concorrente. O custo, segundo os especialistas, é oito vezes maior do que o prejuízo líquido da perda de um ponto.”

    Sacou a pilantragem? Pois é…

    http://www.observatoriodaimprensa.com.br/blogs.asp?id_blog=2&id=

    Resposta
  • 26 de março de 2010 em 18:17
    Permalink

    Um triste espetáculo como aquele do Bial e seus fantoches estimulado principalmente pelas tvs e protagonizado pela massa histérica e ignara. Deprimente.

    Resposta

Deixe um comentário simpático neste artigo: