Carolyn Wonderland: o furacão musical do rock, soul & blues

BLUES GUITAR GODDESS

O Chefe de Redação

Para quem conhece, a comparação pode até parecer um tanto clichê, mas não há como deixar de associar voz, performance e, principalmente, o talento de Carolyn Wonderland com o monstro sagrado do rock, soul e blues, Janis Joplin.

E nessa interpretação de What Good Can Drinkin’ Do? a cantora e multi-instrumentista texana de sotaque anasalado, como convém, não deixa de fazer uma provocaçãozinha nada inocente, do tipo bad girl, para acentuar as semelhanças.

Aos 40 anos, Carolyn, pelo número de visualizações no Youtube, não alcançou o sucesso estrondoso da sua antecessora no gênero — o que não quer dizer que também não seja um furacão musical. É sim!

Divas do Rock, Soul e Blues

WHAT GOOD CAN DRINKIN’ DO?

(Carolyn Wonderland)

What good can drinkin’ do,
what good can drinkin’ do?
Lord, I drink all night
but the next day I still feel blue

There’s a glass on the table,
they say it’s gonna ease all my pain,
And there’s a glass on the table,
they say it’s gonna ease all my pain
But I drink it down,
an’ the next day I feel the same

Gimme whiskey, gimme bourbon, give me gin
Oh, gimme whiskey,
give me bourbon, gimme gin
‘Cause it don’t matter what I’m drinkin’,
Lord, as long as it drown this sorrow I’m in

I start drinking Friday,
I start drinking Friday night
Lord, I start drinking Friday,
start drinking Friday night
But then I wake up on Sunday,
child, there ain’t nothin’ that’s right

My man he left me,
child, he left me here
Yeah, my good man left me,
went away and left me here
Lord, I’m feelin’ lowdown,
just give me another glass of beer

What good can drinkin’ do,
what good can drinkin’ do?
Well, I drink all night
but the next day I still feel blue!

Visite o site oficial de Carolyn Wonderland

Deixe um comentário interessante neste artigo: