Capolavoro Livros apresenta o poeta e historiador Dércio Braúna

RUDEZA DAS COISAS VISTA COM DELICADEZA

Literatura do Ceará

Dando continuidade à sua proposta de incentivar a leitura de novos escritores brasileiros, Luciana Thees Vianna, da Capolavoro Livros, apresenta o poeta e contista cearense Dércio Braúna.

Mestre em História Social pela Universidade Federal do Ceará, é um estudioso das relações entre história e literatura, com ênfase nos espaços do continente africano e suas questões pós-coloniais.

Segundo Batista de Lima, Braúna trata com delicadeza a rudeza das coisas. Humanizar o lado desumano das coisas é sua função.

As histórias que ele conta não são nem claramente intimistas nem voltadas para o real. Não contribuem, como apreciariam certos críticos, nem para a psicologia nem para a sociologia.

O que se pode dizer com certeza é que Braúna tem uma dicção poética particularíssima, lusitana mesmo. Ele escreve como se fosse herdeiro direto de Lobo Antunes ou de Saramago.

Conheça as obras do autor disponibilizadas pela Capolavoro na Estante Virtual.

Deixe um comentário interessante neste artigo: