Cantora Tiê segue o próprio coração na música ‘Assinado Eu’

É PRA LÁ, PARA ONDE O CORAÇÃO MANDAR


Tiê Gasparinetti Biral — ou simplesmente Tiê — é cantora, compositora e instrumentista (violão e piano) de MPB. Seu primeiro álbum, intitulado Sweet Jardim, de 2009, contou com a colaboração solidária de diversos artistas da cena independente de São Paulo.

No início da carreira musical Tiê apresentava-se ao lado de Toquinho, com quem fez sua primeira participação em estúdio e viajou em turnê de shows pelo Brasil e Europa.

Assinado Eu

Paulista nascida em 1980, é neta da atriz Vida Alves, que protagonizou o primeiro beijo da TV brasileira na novela Sua Vida Me Pertence, escrita e interpretada por Walter Forster.

Cursou Relações Públicas na FAAP e estudou canto em Nova York. Foi modelo da Ford Models, tendo atuado em um comercial dirigido por Fernando Meireles, premiado em Cannes.

ASSINADO EU
Tiê – letra, música, violão e voz

Já faz um tempo
Que eu queria te escrever um som
Passado o passado,
Acho que eu mesma esqueci o tom
Mas sinto que
Eu te devo sempre alguma explicação.
Parece inaceitável a minha decisão.
Eu sei.

Da primeira vez,
Quem sugeriu,
Eu sei, eu sei, fui eu.
Da segunda
Quem fingiu que não estava ali,
Também fui eu.
Mas em toda a história,
É nossa obrigação saber seguir em frente,
Seja lá qual direção.
Eu sei.

Tanta afinidade assim, eu sei que só pode ser bom.
Mas se é contrário,
É ruim, pesado
E eu não acho bom.
Eu fico esperando o dia que você
Me aceite como amiga,
Ainda vou te convencer.
Eu sei.

E te peço,
Me perdoa,
Me desculpa que eu não fui sua namorada,
Pois fiquei atordoada,
Faltou o ar,
Faltou o ar.

Me despeço dessa história
E concluo: a gente segue a direção
Que o nosso próprio coração mandar,
E foi pra lá, e foi pra lá.

E te peço,
Me perdoa,
Me desculpa que eu não fui sua namorada,
Pois fiquei atordoada de amor
Faltou o ar,
Faltou o ar.

Me despeço dessa história
E concluo: a gente segue a direção
Que o nosso próprio coração mandar,
E foi pra lá, e foi pra lá, e foi pra lá.


Deixe um comentário simpático neste artigo: