Cachorro acusado de ser reencarnação de advogado é condenado à morte

Reencarcação de advogado

ORTODOXIA HIDRÓFOBA

Do blog BananaPost

Um tribunal judaico de Jerusalém condenou um cachorro vira-lata à morte na base das pedradas, devido ao temor de que ele seja a reencarnação de um advogado que insultou juízes da mesma corte.

O bichinho entrou há algumas semanas no recinto — composto por rabinos — e não saiu mais de lá. Um juiz, incomodado com a presença do animal, convenientemente “lembrou” de uma antiga maldição imposta a um advogado secular, já morto.

Na ocasião, há cerca de 20 anos, os meretíssimos do tribunal do bairro ultraortodoxo de Mea Shearim desejaram que o espírito do advogado entrasse no corpo de um cão — animal tido como “impuro” no judaísmo tradicional — depois que ele proferiu insultos à corte.

O apedrejamento, então, foi ordenado como uma “maneira apropriada de ‘se vingar’ do espírito que entrou no pobre cão”.

Mesmo sentenciado, o cachorro conseguiu escapulir do prédio do tribunal antes que a condenação fosse levada a cabo.

Uma organização de proteção aos animais registrou queixa na polícia contra a corte.

Mas nada garante um final feliz para o animal perseguido: um dos radicais togados do tribunal pediu às crianças da localidade que encontrem o cachorro e executem a sentença.

Fonte

* * *

Blog BananaPost - o porta-voz da macacada

2 comentários em “Cachorro acusado de ser reencarnação de advogado é condenado à morte

  • 18 de outubro de 2012 em 20:37
    Permalink

    Que idiootas esses rabinos! Imbecis ao ponto de matar um pobre animal á pedradas, só por causa de um advogada de merda que já morreu há vinte anos. Acreditoo muuito na macumba que você fez pro espírito entrar em um cãozinho viu!

    Resposta
  • 20 de junho de 2011 em 16:45
    Permalink

    Pegou tão mal a repercussão do caso mundo afora que agora os caras estão tentando remendar o estrago com desmentidos da notícia, dizendo que o lance é fake, que não foi bem assim, que por lá, apesar de os cães serem mesmo considerados espiritualmente “impuros”, não houve a tal “condenação” e tome blá-blá-blá… Me conta outra porque fanático é fanático em qualquer buraco do mundo e todos sabem muito bem do que eles são capazes.

    http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2011/06/110620_israel_tribunal_cachorro_rc.shtml

    Resposta

Deixe um comentário simpático neste artigo: