Cabo floral de talher antigo de prata reciclado como pingente

Joia com colher velha

VOCÊ FAZ A MATRIZ E FATURA ALTO COM AS CÓPIAS

O que o pessoal costuma fazer é martelar com cuidado o cabo de uma colher ou garfo de faqueiro antigo de prata, daqueles cheios de ornamentos florais em alto-relevo.

Depois de achatado, não a ponto de sumir totalmente com os desenhos, as bordas irregulares são serradas e esmerilhadas para criar a medalha na forma mais adequada.

Um furinho na ponta recebe a argola para pendurar a bijuteria numa corrente. A concha da colher ou dentes do garfo restantes são aproveitados em outras montagens.

Neste pingente, a artesã Gail Schmidt aplicou pátina nas reentrâncias, grudou uma carreira com 10 cristais Swarovski e puncionou a saudação em sânscrito Namastê.

Um recurso bastante comum para baixar o custo é utilizar a peça original como matriz de cópias fundidas em pewter, uma liga nobre de estanho parecida com a prata.

Bijuteria com talher antigo

Clique nas imagens para ampliar e nos links destacados no texto para ver e saber mais.

Deixe um comentário interessante neste artigo: