Bebida causou 112 milhões de acidentes de trânsito nos EUA

Se for dirigir não beba

CAMPANHA EM DECORAÇÃO DE BAR

Do blog HotGaragem

Os Estados Unidos são os campeões mundiais em número de veículos automotores — com cerca de 214 milhões de unidades em circulação — e, também como consequência disto, os líderes em número de acidentes de trânsito.

Bem, até aí nenhuma novidade. Porém, o que surpreende é saber que o equivalente à metade da frota norte-americana esteve envolvida em acidentes causados, unicamente, pelo consumo excessivo de bebidas alcoólicas.

Em 2010, o hábito de dirigir alcoolizado causou nada menos que 112 milhões de sinistros por aquelas bandas, algo como 300 mil por dia, segundo o Centro para o Controle de Doenças (CDC, na sigla em inglês). Esta conduta irresponsável causou cerca de 11 mil mortes.

No entanto, o CDC revela que o número de acidentes nos quais estão envolvidos a direção sob embriaguez caiu 30% durante os últimos 5 anos. Em 2006 foram registrados 161 milhões de acidentes do tipo, uma tendência que continuou em declínio desde então.

Os homens, como acontece por aqui, foram responsáveis por 81% dos casos registrados em 2010 nos quais o motorista superava as taxas de álcool permitidas no sangue. Entre 21 e 34 anos, esses homens, que representavam apenas 11% da população, foram responsáveis por 32% de todos os acidentes.

É considerado consumo excessivo do álcool quando se ingere em pouco tempo cinco ou mais doses de bebidas alcoólicas no caso dos homens e quatro ou mais no das mulheres. Nos EUA, a venda de bebidas desse tipo é proibida para jovens menores de 21 anos que desde os 16 já podem dirigir.

Gif animado - acidente em estrada

A imagem que abre o post é de uma iniciativa original da Paraquad, associação de paraplégicos e tetraplégicos do sul da Austrália. Para aumentar a conscientização sobre as consequências negativas de beber e dirigir, acrescentou réplicas de rodas para cadeiras regulares em bares para fazê-las parecer com cadeiras de rodas. (veja mais aqui)

Origem

* * *

Blog Hot Garagem


Deixe um comentário interessante neste artigo: