Beber cerveja com moderação não engorda: emagrece!

Cerveja emagrece?

O PROBLEMA SÃO OS TIRA-GOSTOS

A Cachaça da Happy Hour

Muita gente acorda com um sentimento de culpa após a noitada porque sempre ouviu falar que a cerveja estufa a barriga. Afinal, a bebida sempre foi o bode expiatório para os excessos que deixam nosso abdomen mais roliço.

No entanto, um estudo espanhol vai na contramão dessa crença e garante que tomar a bebida diariamente, ao contrário, evitaria o ganho de peso, além de prevenir diabetes, hipertensão arterial e problemas cardíacos.

Mas antes que os fãs da ‘loura gelada’ se empolguem e corram para o bar mais próximo, os pesquisadores da Universidade de Barcelona afirmam que os benefícios são garantidos com o consumo de apenas UMA caneca por dia.

“Conseguimos banir alguns mitos. Sabemos que a cerveja não é a culpada pela obesidade, já que tem cerca de 200 calorias por caneca, o mesmo que um café com leite integral”, destaca a médica Rosa Lamuela, uma das responsáveis pela pesquisa feita com 1.249 homens e mulheres acima de 57 anos.

O estudo ainda revela que o que engorda, na verdade, são os petiscos gordurosos que costumam acompanhar a cerveja, como salgadinhos e frituras.

Elementos poderosos

Para o endocrinologista Carlos Vilaça, a pesquisa reforça os benefícios da bebida à base de cevada e com baixa graduação alcoólica.

“A cerveja tem baixo índice glicêmico e é constituída de elementos poderosos, como antioxidantes, ácido fólico, ferro, minerais e vitaminas, que previnem ocorrência de doenças cardiovasculares, melhora índices do bom colesterol e previnem pedras nos rins, por estimular o fluxo urinário”, explica o médico.

Mas especialistas destacam que o hábito moderado de tomar cerveja deve estar associado a dieta saudável e exercícios físicos regulares.

Com O Dia

Deixe um comentário interessante neste artigo: