Arquitetura: cúpula geodésica ‘desconstruída’ em madeira reciclada

Moradia de madeira reciclada

O FUTURO DA HABITAÇÃO

A Cachaça da Happy Hour

Esta é mais uma daquelas construções geniais para quem não suporta o quadradismo convencional das casas, lojas, galpões e centros de convenções.

Imagine o prazer de viver ou trabalhar numa cúpula geodésica desconstruída, uma forma matematicamente resolvida e estruturalmente eficiente.

Assim é definido o projeto dos arquitetos dinamarqueses Kristoffer Tejlgaard e Benny Jepsen, que reforça as discussões sobre o futuro da habitação.

Os módulos triangulares podem ser remanejados ao gosto do usuário. As estruturas das janelas, também intercambiáveis, aumentam a iluminação natural.

Toda a madeira utilizada no projeto é proveniente de florestas cultivadas ou de tábuas velhas recicladas criando a fachada em padrões diferenciados.

Duvido muito que o custo total de uma construção “seca” neste conceito tão elementar seja mais elevado que uma empreitada tradicional em alvenaria.

Maior mesmo, e disparada, só a beleza deste domo localizado em Bornholm, na Dinamarca. Um dia uma obra semelhante também se materializa por aqui.

Projeto para galpão de madeira

Projeto de construção com madeira reciclada

Construção com madeira reciclada

Via Ignant, com galeria de imagens no Behance

Deixe um comentário simpático neste artigo: