Aranhas evitam predadores vivendo em bolhas no fundo da água

Espécie de aranha sub-aquática

CASULO DE BOLHAS DE AR

Do blog ECOnsciência

A teia que “aranhas mergulhadoras” constroem e enchem de ar para formar uma bolha funciona como uma guelra de peixe, permitindo que os aracnídeos permaneçam embaixo da água por longos períodos de tempo.

A espécie, conhecida como Argyroneta aquatica, habita pequenos lagos e riachos de pouca correnteza na Europa e Ásia.

Elas passam praticamente toda a vida sob a água, se acasalando, colocando ovos e capturando suas presas em suas bolhas.

Em estudo publicado na revista científica Journal of Experimental Biology, cientistas mediram a quantidade de oxigênio dentro e também na área externa em torno da bolha.

Eles concluíram que a bolha funciona como uma guelra, extraindo oxigênio dissolvido na água e dispersando dióxido de carbono acumulado no interior.

O mecanismo permite que elas subam à superfície apenas uma vez por dia ou menos, em vez de a cada 20 ou 40 minutos, como se pensava anteriormente.

Assim, elas evitam o risco de ser pegas por seus mais temidos predadores naturais, como pássaros e marimbondos.

Matéria completa no Último Segundo com fotos legais no ARKive

* * *

Blog ECOnsciência Inovadora

Deixe um comentário simpático neste artigo: