Aquelas piadas sem graça que os médicos adoram contar

Fantasia sexual

RAPIDINHAS MÉDICAS

Do blog BananaPost

No ginecologista:

— Doutor, quando eu era solteira tive que abortar seis vezes. Agora que casei, não consigo engravidar.

— Seu caso é muito comum: você não reproduz em cativeiro.

***

Na emergência:

— Doutor, sou a esposa do Zé, que sofreu um acidente; como ele está?

— Da cintura para baixo ele não teve nem um arranhão.

— Puxa, que coisa boa! E da cintura para cima?

— Não sei, ainda não trouxeram essa parte.

***

Após a cirurgia:

— Doutor, entendo que vocês médicos se vistam de branco. Mas por que essa luz tão forte?

— Meu filho, eu sou São Pedro.

***

Nas últimas:

— Doutor, o que eu tenho?

— Ainda não sei, mas vamos descobrir na autópsia.

Deixe um comentário simpático neste artigo: