Anúncio usa o ‘beba com moderação’ para aumentar consumo de cerveja

EFEITO INVERSO NA MALANDRAGEM PUBLICITÁRIA

O anúncio da marca de cerveja veiculado no norte do país não foge à regra geral do que se vê em todo o território nacional: é de gosto pra lá de duvidoso e não faz justiça ao reconhecido paladar da bebida.

O problema é que a Cerpa exibe a publicidade da sua versão Gold com a recomendação “beba com moderação”. O aviso é utilizado explicitamente como slogan para aumentar o consumo de cerveja, não por preocupação com a saúde das pessoas. É óbvio demais.

Tony Moderação - Cerveja Cerpa

Como norma, a advertência — ou frase educativa — deve ser usada de maneira obrigatória ao fim de todas as propagandas de bebidas alcoólicas, por determinação do Conar, o Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária.

Neste caso, ainda que cautelosamente, o órgão identificou “indícios de irregularidades éticas” e abriu processo.

A principal peça da campanha é um vídeo que está no ar na TV há um mês, cujo protagonista é o personagem Tony Moderação, que aparece rodeado de amigos, mulheres e cervejas.

Ao final do vídeo, as mulheres gritam “Beba com moderação”. O comercial é exibido no Pará, sede da Cerpa, e no Maranhão.

O Conar informou que “não aceita que se atribua o sucesso de alguém ao consumo de álcool”. O julgamento será no dia 18.

OUTRO LADO

O publicitário Paulo Mello, da Dahás Comunicação & Marketing, responsável pela campanha, negou intenção de “menosprezar ou brincar em cima da coisa séria que é a responsabilidade social”.

O diretor comercial da Cerpa, Ibrahim Dahás, disse que a campanha quis despertar as pessoas para o consumo responsável sem que seja “de forma tão formal”.

Ele disse querer um consumidor com longevidade. “Quanto mais pessoas sofrerem acidente por consumir bebidas alcoólicas, menos consumidores nós teremos”.

Fonte 

Deixe um comentário simpático neste artigo: