Anéis e alianças de Pewter com cravação flutuante das pedras

UMA SENSAÇÃO DE PERMANENTE MOVIMENTO

Joia rústica de inspiração medieval

Em geral, a cravação das pedras preciosas nas joias é feita posteriormente ao trabalho de fundição e polimento dos metais, o que costuma conferir às peças um aspecto bastante sisudo e formal.

Como o ponto de fusão do Pewter equivale a 25% da temperatura em que a prata derrete (960°C), é possível fixar rubis, safiras e ametistas em alianças e anéis com a técnica da cravação flutuante.

Pouco usual, o recurso de fundir tudo junto, como faz Mabel Hasell, dá um toque de modernidade aos acessórios, criando a impressão de que as gemas encontram-se em permanente movimento.

Aliança de casamento

Anel de noivado

Anel de compromisso

Anel de pilter medieval

Anel de pewter

Joias rústicas

Clique nas imagens para ampliar e nos links sublinhados para ver mais.

Deixe um comentário simpático neste artigo: