Aécio Neves: o ‘porre’ programado pela Globo para as Eleições 2014


Candidato a Presidente da República

AÉBRIO NEVER… SEGUNDO OS TUITEIROS

O Chefe de Redação

Peço licença à minha querida companheira Nívia de Oliveira Castro por atropelar um tema que, com certeza, conduziria com muita segurança em seu blog A Cachaça da Happy Hour. Mas como ela se encontra neste momento no interior de Minas Gerais decidi avançar o sinal da política de boa vizinhança e reblogar o ótimo post do LEN, no Ponto & Contraponto — um coletivo de blogueiros nos moldes da nossa Matéria Incógnita:

Globo desembarca de Serra. Rei morto, rei posto.

“Escrevi há mais de dois meses um texto que sugeria uma mudança de estratégia política das Organizações Globo, onde apontava uma aproximação de Aécio, até brinquei no título dizendo que Serra já era passado. Leia aqui.

Naquela ocasião, percebi uma exposição maior do Senador Aécio Neves no jornalismo dos veículos da Globo, o que era impensável no período em que o Senador ainda disputava com Serra o direito de se candidatar a presidência pelo PSDB.

O texto foi visto por alguns amigos, principalmente no twitter, como uma “viagem” da minha parte, porque essas pessoas entendiam que a relação simbiótica imoral entre o tucano paulista e a velha mídia tinha se tornado inquebrável depois de tanto esforço para elegê-lo nas eleições do ano passado.

Esse foi o engano, superestimar o poder de Serra, quando ele na verdade era apenas alguém que eles achavam que poderia derrotar a candidata de Lula, mas totalmente descartável no momento que não servisse mais aos seus interesses.

É o que acontece com Serra agora. Depois de duas derrotas em eleições presidenciais, caiu a ficha de parte da velha mídia que ele não pode vencer o PT em uma disputa nacional, e com a sua insistência em se manter na disputa para 2014, resolveram puxar a descarga do vaso sanitário.

Bafômetro e álcool

A suspeita de aproximação com Aécio se confirmou na forma como a Globo relutou em divulgar a notícia de que ele tinha sido pego em uma blitz da lei seca no Rio de Janeiro, e quando divulgou tentou passar a versão do Senador que teria sido pego apenas pela carteira vencida, citando o caso da recusa em fazer o teste do bafômetro como direito dele e não por estar dirigindo alcoolizado.

A notícia só foi dada devido a pressão das redes sociais, que tornou o abafamento algo que seria muito descarado. Ainda assim abafaram o quanto puderam, pois a conta de twitter do G1 nem sequer tocou no assunto.

Como para um novo rei assumir o trono é preciso que o velho morra, já começou a desova do Serra, sem nenhuma piedade.

A revista Época, que pertence às Organizações Globo e que costumava passar em branco com denúncias contra o tucano paulista, resolveu quebrar o pacto de leniência e pegou a pá para abrir a cova da majestade morta.

Em edição dessa semana, a Globo desembarcou definitivamente de Serra, quando em uma matéria da revista Época desnudou as ligações Serra/FHC com o banqueiro Daniel Dantas e a forma como o tráfico de influência definia ações políticas sobre fundos de pensão estatais para beneficiar o banqueiro. As informações e as evidências fazem parte do inquérito da Operação Satiagraha da Polícia Federal em uma de suas batidas para busca e apreensão. Leia aqui.

Além de mostrar para Serra que não conta mais com o apoio deles, foi dado um aviso: vá para o ostracismo de bico fechado que nós temos muito mais chumbo grosso contra você, da mesma forma como age a máfia siciliana: a lei do silêncio.

Amigo leitor, você achou mesmo que a oposição girava em torno de partidos decadentes e desorganizados? Negativo, esses partidos hoje são apenas apensos da sociedade secreta do Millenium, que agem somente como instrumentos de condução das decisões dos verdadeiros poderosos.”

Senador tucano Aécio Neves

Naturalmente essa é uma leitura de momento do fato político. 2014 parece uma data ainda distante na eternidade. Até lá veremos a contínua decadência e perda de influência do império global, que chega aos 46 anos com o menor Ibope de sua história. Como complicador, a concorrência insuperável da Internet que nos próximos anos certamente irá incluir uma multidão de utilizadores oriundos das classes D e E — que hoje não chegam a 4% — com a implantação do Plano Nacional de Banda Larga. E concordando com o LEN, o Instituto Millenium parece, sim, ser o principal inimigo a ser monitorado e combatido pela blogosfera progressista.

* * *

O Chefe de Redação

2 comentários em “Aécio Neves: o ‘porre’ programado pela Globo para as Eleições 2014

  • 29 de julho de 2013 em 12:04
    Permalink

    Inclusive a foto do Aécio, ficou ótima! kkkkkkkkkkkkkkkkkk…

    Resposta

Deixe um comentário interessante neste artigo: