Acidente nuclear no Japão já representa 10% de Chernobyl

Radiação - criança japonesa

10% POR ENQUANTO

ECOnsciência

Desde o terremoto e o tsunami, já vazou na usina de acidentada no Japão muito mais radioatividade que o acidente de Three Mile Island em 1979, segundo informou na semana passada o Instituto de Pesquisa de Energia e Meio Ambiente, um grupo independente sem fins lucrativos baseado em Takoma Park, Maryland.

Até 22 de março, os reatores de Fukushima tinham despejado 160 mil vezes mais radiação na atmosfera que a melhor estimativa de iodo-131 despejado em Three Mile Island, e cerca de 10% do total que vazou de Chernobyl em 1986.

Medida em pequenas unidades batizadas com os nomes dos pesquisadores pioneiros Marie e Pierre Curie, a usina de Fukushima Daiichi lançou 2,4 milhões de curies de iodo-131, além de 500 mil curies de Césio-134 e Césio-137, que tem vida mais longa.

Esta última medida também representa cerca de 10% do que vazou de Chernobyl.

A informação é do New York Times, publicada no Vi o Mundo.

* * *

Blog ECOnsciência Inovadora

Deixe um comentário interessante neste artigo: